Segunda-feira, 9 de Agosto de 2010
por João Maria Condeixa, em 9/8/10

Tiago, a sugestão para procuradorável é de facto hilariante. Um meliante como PGR seria mesmo de rir, mas nem assim me convences que um Sindicato - e explica lá a quem te comenta que eu consigo dizer esta palavra sem incorrer num tripe raivosa - poderá ter mais competências que um PGR apenas porque foi democraticamente eleito por umas dúzias de senhores cultos, inteligentes e proeminentes. Por muito bons que eles sejam, eu não elegi nenhum deles como meu representante. Nem um!

 

O PGR não é nomeado por 3 partidos, como tentas passar, mas sim sugerido pelo Governo e nomeado pelo Presidente da República, que como é lógico - não há tanta falta de senso que leve ao contrário! - ouvirá todos os partidos com assento na AR. Em teoria, romântica q.b., o PR estará a receber as indicações dos portugueses, por intermédio de quem eles decidiram, por voto, que tivesse esse poder, sobre quem deverá vir a ser o próximo PGR.

 

 


publicado por João Maria Condeixa às 22:05
link do post | Please be gentle

Quinta-feira, 5 de Agosto de 2010
por João Maria Condeixa, em 5/8/10

É difícil deter a mão criminosa que pega fogo a uma floresta. É igualmente difícil perceber quem foi  que pegou fogo à Justiça e ao país. Mas quer um, quer outro, devem ser punidos pelo acto.

 

Se no cenário de fogos florestais a falta de meios é uma constante, pelo menos já perceberam que de nada vale apenas berrar quando as chamas  já estão a lavrar. Aprenderam a reclamar por antecipação.

 

Já na justiça, só quando tudo pegou fogo - mesmo quando se julgava não existir mais nada por onde arder - é que vieram berrar por mais meios, mais poder - que isto de ser igual à Rainha de Inglaterra só nas revistas cor-de-rosa tem vantagens - e maior autonomia para alcançar aquilo que eu julgava ser condição prévia para aceitar um cargo desses: real e efectiva separação de poderes. Isso não é sinal de alguma pirómania?


publicado por João Maria Condeixa às 09:15
link do post | Please be gentle

Sexta-feira, 30 de Julho de 2010
por João Maria Condeixa, em 30/7/10

Demorei quase 24 horas a - resignar-me talvez não seja o melhor termo - aceitar que todos os imbróglios e suspeitas que me passaram pela frente nos últimos 6 anos seriam de descartar, pois a investigação e o Ministério Público tinham clarificado tudo e se não encontraram nenhum fundamento é porque lá não existia.

 

Fi-lo por crer naqueles chavões do estado de direito, dos direitos fundamentais, na presunção da inocência, na separação de poderes, e por querer acreditar numa justiça que, ainda que lenta que dói, seja ceguinha de todo.

 

Fi-lo, embora reconhecendo que o Ministério Público por vezes parece brincar em serviço e, que aparentemente, prefere viver numa tenda de circo que deixa entrar e sair quem quer, o que quer, mesmo quando não quer, do que numa caixa forte selada e surda-muda.

 

Fi-lo, contrariado, até que cheguei à tarde de ontem e me deparei com a falta de tempo do MP para interrogar Sócrates e o continuar da novela que deixará para sempre sob suspeita aquele que eu acho que tem demasiados rabos-de-palha por justificar e explicar, mas que a justiça no dia anterior dera como livre de encargos.

 

Percebem agora quando digo que "mais depressa os portugueses irão suspeitar da justiça, do que confiar neste ou naquele resultado com que Sócrates se venha congratular"?


publicado por João Maria Condeixa às 09:15
link do post | Please be gentle


Real Constituição da República do Cáustico
Leia atentamente este folheto antes de tomar a constituição como sua.
Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico, farmacêutico ou constitucionalista de família.
Em caso de emergência:
jcondeixa@hotmail.com
Posts recentes

E ei-los que até foram el...

Berrar quando as labareda...

A verdade vem sempre ao d...

Últimos comentários
Hmmm é pena que o blog tenha acabado :(
quanto mais a deleora só isto era um poste da edp ...
Cambada de antropomorfistas d'electrõesJá agora eu...
Durante uns bons anos - 5 pelo menos - tb fui ague...
Eutanasiar um blogue...eu sei o que custa manter u...
entrapolítico privado num tem né?Mas se todo o hom...
Oi muito thanx! amei re-ler essa publicação é engr...
é que não apanham pó....a desvantagem é que desapa...
Diário da República
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


Temas

todas as tags

subscrever feeds