Quarta-feira, 22 de Dezembro de 2010
por João Maria Condeixa, em 22/12/10

"Era útil que Sócrates, finalmente, aproveitasse os dias que nos separam do Natal para falar aos portugueses e nos explicar, com dados concretos, qual é a situação real do País e o plano que tem para vencer a crise". A frase é de Mário Soares no DN. A teoria que a suporta é de João Villalobos. É de ir lê-la aqui.


publicado por João Maria Condeixa às 15:27
link do post | Please be gentle

Terça-feira, 6 de Julho de 2010
por João Maria Condeixa, em 6/7/10

 

Mário Soares diz não existir alternativa governativa ao Partido Socialista, o que à primeira vista parece ser um pensamento totalmente redutor, pois parte da ideia que o espectro político é apenas constituído pelo PS e o PSD. 

Se o mundo fosse como o self-proclaimed "pai da democracia portuguesa" o pinta, talvez tivesse razão: o projecto do PSD para governar Portugal em pouco difere do PS. Ainda que Pedro Passos Coelho seja alternativa a José Sócrates, a semelhança ideológica partidária não é de hoje, nem se vai esbater amanhã. É um problema de constituição programática dos partidos que o eleitorado terá de saber resolver por outras forças partidárias, caso queira apostar numa alternativa à via socialista.

 

Mas Mário Soares foi redutor intencionalmente. Sabendo que o eleitorado não irá, já, radicalmente, optar por outras vias para sair do centrão a que se habituou, ao dizer que não há alternativa ao PS, instigou, ou quis instigar o partido a reflectir. Não haver alternativa ao PS, não é o mesmo que não haver alternativa a José Sócrates. Mário Soares não é parvo, nem novo. Sabe que este executivo tem os dias contados e quantos mais dias continuar de pé, sem oposição ou pelo menos vozes dissonantes internas, mais dificuldade terá em emergir no futuro. Por isso tem de semear a crítica para que o PS e o seu eleitorado comecem a procurar, mas no seu próprio seio, alternativas a este executivo em vez de darem por contados os dias e baixarem os braços. Foi uma espécie de: "Mexam-se! Vão para fora, cá dentro!"

 

Mas ao que parece ninguém se moveu...

 

PS - E, via 2711, descubro que Vitorino não ouviu ou, então, se fez desentendido! 


publicado por João Maria Condeixa às 12:12
link do post | Please be gentle

Sexta-feira, 11 de Junho de 2010
por João Maria Condeixa, em 11/6/10

Por via do Afonso Azevedo Neves cheguei a este post do Pedro Correia que, lamentavelmente, tinha falhado. Ele é bem capaz de ter razão ao aprofundar uma questão que eu aqui, ao ter pegado só pela rama e vendo no imediato, não consegui perceber. Iludido pela idade de Mário Soares, esqueci a sua argúcia e não vi o significado das estocadas no partido.


publicado por João Maria Condeixa às 16:54
link do post | Please be gentle | (1)

Terça-feira, 1 de Junho de 2010
por João Maria Condeixa, em 1/6/10

 

O que Soares está a fazer com Alegre, também Cavaco fez com Santana Lopes. O artigo de hoje no DN cumpre os mesmos propósitos daquele da boa e da má moeda: dar o golpe fatal a quem está em fim de linha. A última estocada:

 

"No actual contexto político-partidário, julgo que Sócrates cometeu um erro grave, que porventura mesmo lhe poderá ser fatal e ao PS. Como socialista, e pensando como sempre e só pela minha cabeça, entendo ter a obrigação de dar a conhecer de novo aos meus camaradas e ao secretário-geral aquilo que penso."

 

Este serviço fúnebre não é para todos. Só os anciães, grã-líderes partidários, que viram sempre os partidos gravitarem em torno dos seus desígnios, como se de uma tábua de salvação se tratassem, é que podem, como Deuses, tirar a vida a quem em tempos lhes mereceu todo o interesse. Sim, porque, como vimos no PSD, estes sábios não matam só os líderes de quem se querem livrar. Prejudicam também os partidos que um dia lá os fizeram chegar. Talvez seja agora a vez do PS...


publicado por João Maria Condeixa às 19:29
link do post | Please be gentle

Quinta-feira, 27 de Maio de 2010
por João Maria Condeixa, em 27/5/10

Monárquicos há, que escrevem um vincado "Viva o Rei" no boletim de voto para as presidenciais. Mário Soares está visto que fará algo do género, mas mais "laico e republicano", pois claro. Está condenado a um "Viva Eu". Afinal, sempre se sentiu o pequeno monarca aqui do burgo.


publicado por João Maria Condeixa às 11:46
link do post | Please be gentle


Real Constituição da República do Cáustico
Leia atentamente este folheto antes de tomar a constituição como sua.
Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico, farmacêutico ou constitucionalista de família.
Em caso de emergência:
jcondeixa@hotmail.com
Posts recentes

O que chove lá fora...

Simon says...

Não dá ponto sem nó

A boa e a má moeda: um re...

Viva Eu

Últimos comentários
Hmmm é pena que o blog tenha acabado :(
quanto mais a deleora só isto era um poste da edp ...
Cambada de antropomorfistas d'electrõesJá agora eu...
Durante uns bons anos - 5 pelo menos - tb fui ague...
Eutanasiar um blogue...eu sei o que custa manter u...
entrapolítico privado num tem né?Mas se todo o hom...
Oi muito thanx! amei re-ler essa publicação é engr...
é que não apanham pó....a desvantagem é que desapa...
mais comentados
Diário da República
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


Temas

todas as tags

subscrever feeds