Sexta-feira, 31 de Dezembro de 2010
por João Maria Condeixa, em 31/12/10

2010 foi o ano em que o mundo mudou a cada 3 dias. O ano em que um governo já de si inábil no cumprimento de promessas eleitorais - José Sócrates disse-me que prefere o termo "objectivos" - passou a navegar sem rumo, sem cumprir sequer o que dissera 48 horas antes. Um ano cavalgado por PEcs sucessivos: um em Março, que rapidamente se mostrou insuficiente; outro em Maio, que teve a colaboração do PSD e que se propunha mais adequado à realidade difícil que Sócrates teimava em não ver, e por fim um terceiro, já mais austero - o PEC III - cujos resultados estão ainda por conhecer e que, tal como noutros anos, serão habilmente escamoteados ou adiados: ou já não se lembram das sucessivas revisões do défice orçamental no final de 2009?

 

2010 terá sido o ano em que Portugal passou a ser teleguiado por Bruxelas. Ainda que ao retardador!


publicado por João Maria Condeixa às 10:59
link do post | Please be gentle | (1)

Quinta-feira, 30 de Dezembro de 2010
por João Maria Condeixa, em 30/12/10

 

Se há quem tenha ficado credibilizada e beneficiada com o ano de 2010, foi, definitivamente, aquela sra. vendada carregada de balanças e espadas e que dá pelo nome de Justiça. Arrumou todos os assuntos que se andavam a arrastar há anos e de forma definitiva. Bem, excepto, talvez, no Caso Casa Pia e naquela trapalhada do acórdão, no episódio das escutas do Face Oculta que entretanto reapareceram depois da novela que foi a sua ordem de destruição, no Freeport e os processos disciplinares agora instaurados, nas acusações e pressões ao PGR e com todas as alarvidades da Procuradora Cândida Almeida pelo meio e no caso BPN que tardou em ser visto. Em tudo o resto foi extremamente expedita e eficiente, quase aposto!

 

O que explica que nenhum candidato a Presidente da República se tenha ainda pronunciado sobre o tema. Depois de 2010 a Justiça ficou bestial!


publicado por João Maria Condeixa às 20:13
link do post | Please be gentle

por João Maria Condeixa, em 30/12/10

Está na hora de fazer o balanço do ano. Numa versão modesta, pois isto não é uma estação de TV e não há cá orçamento para aqueles spots cheios de música emotiva, com imagens do outro mundo, onde por pouco não aparece o Ben Affleck com aquele ar de sujo penteado do Pearl Harbour a falar sobre as tragédias que viveu.

 

Aqui vai ser straight and clean. Com acontecimentos políticos e não só. Por áreas que me interessam e me agarram, normalmente, aos jornais.


publicado por João Maria Condeixa às 10:27
link do post | Please be gentle | (2)


Real Constituição da República do Cáustico
Leia atentamente este folheto antes de tomar a constituição como sua.
Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico, farmacêutico ou constitucionalista de família.
Em caso de emergência:
jcondeixa@hotmail.com
Posts recentes

2010: Momentos Únicos! (3...

2010: Momentos Únicos! (2...

Balanço de 2010

Últimos comentários
Hmmm é pena que o blog tenha acabado :(
quanto mais a deleora só isto era um poste da edp ...
Cambada de antropomorfistas d'electrõesJá agora eu...
Durante uns bons anos - 5 pelo menos - tb fui ague...
Eutanasiar um blogue...eu sei o que custa manter u...
entrapolítico privado num tem né?Mas se todo o hom...
Oi muito thanx! amei re-ler essa publicação é engr...
é que não apanham pó....a desvantagem é que desapa...
mais comentados
Diário da República
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


Temas

todas as tags

subscrever feeds