Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

República do Caústico

O Onze de Passos Coelho

18.06.11, João Maria Condeixa
Este nosso estádio está cheio de velhos do Restelo que irão estranhar antes de entranhar. E por isso faltou compôr o ramalhete com um jogador reverencial. As claques reclamam mudanças, mas não gostam quando elas se fazem. As claques queixam-se de paternalismos, mas apavoram-se quando eles desaparecem. As claques pedem novos jogadores e tácticas - dizem mesmo que esse é um dos grandes males do país - mas amedrontam-se quando eles surgem. Para as satisfazer, faltou apenas esse (...)

Que este sinal que o PS envia seja positivo

09.06.11, João Maria Condeixa
O PS tem duas hipóteses enquanto oposição:   Ou colabora com o governo na execução do acordo com a troika e vai mantendo uma postura crítica, mas construtiva, que faça o país andar para a frente e não chega ao poder antes dos próximos 4 anos ou apanha boleia e fomenta a convulsão social e num acto de guerrilha destrói tudo aquilo que lhe seja apresentado, renegando ao próprio acordo que fechou e, eventualmente, chega ao poder ao fim dos 3 anos que a troika cá estará.   A (...)

Não são todas a Ana Gomes. Também as temos simpáticas.

08.06.11, João Maria Condeixa
A menopausa deve ser tramada. Lembro-me que avariou por completo o termóstato à minha mãe. Podia estar um frio de rachar, os nossos dentes a bater castanholas, neves siberianas a atravessar a casa e o vento Norte a respirar calotes polares que ela se virava para nós, já Yetis latinos, e dizia: Meninos, abram as janelas que está aqui um calor que não se aguenta! - e "trás", lá sacava do leque que a partir dali se tornara um adereço imprescindível à sensualidade feminina.   Mas (...)

Na ressaca das legislativas: o PS

06.06.11, João Maria Condeixa
O PS perdeu, sobretudo, por descredibilização do seu governo, graças a um vórtice de nome José Sócrates que a si chamou quase todos os episódios de desconfiança que o eleitorado possa ter. Como sobre isso já muito se escreveu, volto a reiterar o que já disse: foi na grande derrota destas legislativas que o PS encontrou a sua maior vitória ao ter-se visto livre de Sócrates. Solto desse agente patogénico poderá voltar a negociar e ajudar o seu país junto com outros partidos.   (...)

Na ressaca das legislativas: o CDS

06.06.11, João Maria Condeixa
Ao subir num mesmo momento que o PSD também subiu, o Paulinho das feiras - agora também dos bonés - mostrou que tem já um eleitorado fidelizado - por via das acções e não por via do clientelismo, pois na distribuição do "poderzinho" a coisa é incipiente - e que está a conseguir mostrar-se como alternativa ao PSD, ao mesmo tempo que assegura o futuro com a conquista dos eleitores mais novos que se revêem, parece-me a mim, no seu entendimento do mercado, da economia e do (...)

PÓSTROIKA

11.05.11, João Maria Condeixa
  Esta é a primeira Motion Graphics 100% Portuguesa sobre política. Espero que gostem. Vejam. Partilhem. Agitem, pois o momento merece!   PS - anda uma pessoa a trabalhar dois meses num vídeo para vir Catroga dizer "pintelhos" em directo na TV e abafar tudo num segundo. Mundo injusto! PS II - será que vamos ter um pêlo púbico como capa de jornal?