Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

República do Caústico

Criança birrenta que cede

04.05.10, João Maria Condeixa

 

Após ter atado o burro a uma árvore e ter batido o pé o mais que pôde, foi um "demagógico" - como ela lhe chama - sopapo político que a fez sair da birra em que se encontrava. Descruzou os braços lentamente enquanto todos à sua volta a criticavam. A opinião pública estava contra ela, mas a teimosia prevalecia e não poderia dar agora parte fraca. Não, sem pelo menos, encontrar uma escapatória:

E se eu chamasse demagógicos àqueles e dissesse que não estou para contribuir para uma política de baixaria (sic) e para um episódio triste? - pensou -.

Dito e feito. Agarrou essa oportunidade para emendar a mão, atacou outros em vez de assumir a triste figura que fizera e, espelhando mais uma vez a mimada que é, fingiu ir à sua vida como defensora da instituição e de todos nós!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.