Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

República do Caústico

Em busca do amanhã

06.04.10, João Maria Condeixa

"Já estive na Figueira da Foz, em Loulé, em Valença, agora ando por Lisboa, mas quero ver se me piro para o Dubai!" - ouvido no café de manhã.

Pedreiros há que parecem viver em permanentes missões arriscadas pelo mundo fora, como se de militares de elite se tratassem. Combatem o desemprego e a quebra de oferta no sector, buscando aqui e ali soluções. "Vergam a mola" - como eles próprios diriam - onde e como tiver de ser. A filosofia dos que têm na mão um balde de massa ou um canudo recheado de sonhos, é por demais semelhante: viver com a instabilidade, procurar as alternativas e nunca assentar arraiais num só local e muito menos nos "direitos adquiridos". E assim tem de ser e só assim se vai lá.

 

PS - reparei agora que há quem encontre outras soluções. Não tão sérias, mas igualmente verdadeiras.

2 comentários

Comentar post