Quarta-feira, 8 de Junho de 2011

A menopausa deve ser tramada. Lembro-me que avariou por completo o termóstato à minha mãe. Podia estar um frio de rachar, os nossos dentes a bater castanholas, neves siberianas a atravessar a casa e o vento Norte a respirar calotes polares que ela se virava para nós, já Yetis latinos, e dizia: Meninos, abram as janelas que está aqui um calor que não se aguenta! - e "trás", lá sacava do leque que a partir dali se tornara um adereço imprescindível à sensualidade feminina.

 

Mas nem por isso se tornou carrancuda, mal humorada e histérica. Não ficou com os nervos à flor da pele, nem sempre cheia de vontade de enfiar as suas frustrações pela goela daquele que lhe estivesse mais à mão. Nunca. Aliás, como em todos os seus percursos na vida, manteve sempre um sorriso e uma gargalhada, exemplo que tento seguir.

 

Mas a menopausa não deve bater em todas da mesma maneira.  Veja-se o exemplo de Ana Gomes. Como fala e age de há uns anos para cá, ficamos com a ideia que atravessa a menopausa mais longa de que a humanidade tem memória, coitada. É só raiva, mau génio e bílis que lhe sai da boca. Ataca o líder do seu próprio partido, ralha - adora ralhar - com os seus colegas socialistas, vocifera contra a oposição e ainda mete o Strauss-Kahn ao barulho.

 

É má publicidade para o sexo feminino. Uma espécie de sogra da nação que com tão mau feitio retrai qualquer libido, interesse ou desejo de casar no sexo masculino só deste pensar que a mulher que quer para a vida pode muito bem ficar assim. É de arrepiar caminho!

 

Ana Gomes faz mais contra o casamento e a natalidade que o fim das cerimónias de Santo António ou do abono de família o que é péssimo para a sustentabilidade da segurança social. E quanto à imagem externa, por favor, caros eurodeputados dos restantes países, as nossas mulheres não são todas assim. Também as temos simpáticas.


publicado por João Maria Condeixa às 09:10
link do post

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Real Constituição da República do Cáustico
Leia atentamente este folheto antes de tomar a constituição como sua.
Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico, farmacêutico ou constitucionalista de família.
Em caso de emergência:
jcondeixa@hotmail.com
Posts recentes

Pulling the plug and full...

OE2012: do corte na despe...

Curto rescaldo da Madeira

Na Madeira

O fetiche do voto do betã...

A 18 cêntimos a acção (3)

A 18 cêntimos a acção (2)

A 18 cêntimos a acção

Em entrevista comparada

Alguém me explica este li...

Últimos comentários
Hmmm é pena que o blog tenha acabado :(
quanto mais a deleora só isto era um poste da edp ...
Cambada de antropomorfistas d'electrõesJá agora eu...
Durante uns bons anos - 5 pelo menos - tb fui ague...
Eutanasiar um blogue...eu sei o que custa manter u...
entrapolítico privado num tem né?Mas se todo o hom...
Oi muito thanx! amei re-ler essa publicação é engr...
é que não apanham pó....a desvantagem é que desapa...
mais comentados
Diário da República
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


Temas

todas as tags

subscrever feeds