Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

República do Caústico

Entrou Agosto

22.08.11, João Maria Condeixa

 

 

Podem estranhar - podem até dizer que é uma coisa forçada e brejeira - que estando Agosto a terminar só agora recorra a este título. Podem dizer que é uma espécie de Quim Barreirice fora de tempo e despropositada e que por isso cheira mal. Mas o que vos digo é que se fui buscar esta frase é porque ela estava na capa de uma nova revista em que tropecei e que agora vos quero recomendar - tropeçar é mesmo piada, pois se vissem a ginástica que tive de fazer para a tirar da terceira prateleira lá no alto donde ela estava iriam perceber que, não só devo uns milimetros ao Michael Jordan, como as papelarias das nossas praças não percebem puto de estratégia de venda, mas enfim -.

O importante a reter é que a coisa tem pinta, chama-se The Printed Blog, está cheia de bloggers por todo o lado e que a avaliar por este nº1 não se perde mesmo nada em acompanhar.

Hobbes, Locke e Rousseau: 3 financeiros

22.08.11, João Maria Condeixa

O melhor indicador de cortes na despesa e na estrutura do Estado é a discussão ideológica. Quanto maior esta for, maior será o corte. Quanto mais se falar em Hobbes, Locke e Rousseau, mais profunda e estudada promete ser a coisa. Portugal deve ser o único país do mundo onde a receita para as finanças sai de um livro de ciência política.