Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

República do Caústico

Um homem sem memória, mas cheio de lata

28.02.11, João Maria Condeixa

Vim a ouvir a TSF no carro a caminho do escritório. Quem falava era Teixeira dos Santos sobre os mercados e a dívida pública. Dizia que os mercados só pressionam a UE porque descobriram um calcanhar d'Aquiles que é a esta não possuir "mecanismos europeus de intervenção, de natureza federalista, como possuem os EUA". Que existem Estados Norte-Americanos em praticamente solvência, mas que ninguém os pressiona, por pertencerem a um bolo federal com mecanismos maiores que lhes permite essa defesa. E disse ainda que os mercados estão a exagerar agora, quando, em contra-ponto, tinham ignorado e adiado os sinais de crise.

 

O senhor que fez esta acusação foi aquele que descobriu a crise há meia dúzia de dias e que a negou até há bem pouco tempo, lembram-se? E pertence ao mesmo grupo daqueles que dizem temer a vinda do FMI por questões de ordem da soberania portuguesa.

Acatar ordens de uma instituição externa durante uns tempos é perigosíssimo e vergonhoso, mas ir, paulatinamente, transferindo poderes e instrumentos de gestão para a UE, até a tornar numa federação, já é um imperativo político. E o senhor nem se riu, garanto-vos eu, que estava a ouvir com atenção à espera desse momento. É preciso ter lata!


PS- a TSF faz 23 anos. Parabéns!

PS II - parece que também ainda teve tempo para prometer nova subida de impostos!