Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

República do Caústico

Do ataque e da defesa

06.01.11, João Maria Condeixa

A imagem de credibilidade e honestidade de um homem, cultivada e solidificada ao longo de anos, não se destrói por ataques indirectos ou estilhaços. Mesmo que por muito se insista. Só com ataques cirúrgicos, certeiros e fatais.

Tudo o resto, à imagem de um filme de ficção científica, são disparos inofensivos sobre um escudo reflector. E como se sabe, os ricochetes são imprevisíveis. Uma vezes, bem que mordem os calcanhares dos autores dos disparos.

O que chove lá fora...

06.01.11, João Maria Condeixa

Mais um exemplo de publicidade enganosa - para não dizer mentira - do governo PS em Tenho um adolescente em casa...e não sabia! - Teresa Dias Mendes no Correio Preto;

 

Quando o feitiço se vira contra o feiticeiro e as explicações deixam de ser exigidas e devem passar a ser dadas: Ups, a Purdey fez ricochete - Francisco Mendes da Silva no 31 da Armada;

 

A caixa de Pandora que se poderá estar a abrir, por não conseguirmos resolver os problemas da investigação com Os perigos da criminalização do enriquecimento ilícito - Adolfo Mesquita Nunes no Aparelho de Estado;