Quinta-feira, 24 de Março de 2011
por João Maria Condeixa, em 24/3/11

Sabem o que eu vos digo? Que a maioria dos políticos portugueses e a comunicação social que os rodeia são impostodependentes. Não vivem sem pensar em impostos, estremecem no segundo em que se privam de uma boa discussão sobre o tema e têm erecções só de imaginar que vão mexer numa apetitosa taxa.

 

É um tema que os excita, bem sei, mas lamento informar que, tal como havia mais "vida para além do défice", também há mais soluções para além da subida de impostos. Podem não se conhecer as contas públicas - e admito que esse desconhecimento possa ser assustador e condicionar a apresentação de propostas - mas insistir, ainda para mais à primeira oportunidade, sempre na mesma solução, parece-me doentio.

 

Portugal precisa de um rehab fiscal. De alguém que esteja disposto a ir ao osso, a fazer uma cirurgia, em vez de tratar tudo com aspirinas pagas pelo contribuinte. Parem de imitar aquelas inspecções da tropa que tudo curavam com uma só receita: "tussa!" "diga 33!" "Duas aspirinas...próximo!"


publicado por João Maria Condeixa às 16:01
link do post | Please be gentle

3 comentários:
De eazb a 24 de Março de 2011 às 17:19
Quando quem nos dá dinheiro e estabelece as condições é a UE...
Quando quem nos governa, nos meante sobre a realidade das finanças públicas...
Quando o défice desorçamentado é maior do que o orçamentado...
Quando as PPP beneficiam as empresas e lesam o Estado, porque a rescisão dos contratos assinados implica indemnizações superiores aos custos das obras....

O que fazer?


De Até pode haver vida não é é grande coisa a 24 de Março de 2011 às 22:52
necessário cortar no aparelho e reestruturá-lo
pouco a pouco demorará anos
6 anos para reformar as hierarquias do ensino e ainda ficou bastante ranhoso logo...etc


De OU DITO DE OUTRO MODUS OPERANDI a 24 de Março de 2011 às 23:26
Ir até ao osso só em cadavéricas nações


Comentar post

Real Constituição da República do Cáustico
Leia atentamente este folheto antes de tomar a constituição como sua.
Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico, farmacêutico ou constitucionalista de família.
Em caso de emergência:
jcondeixa@hotmail.com
Posts recentes

Pulling the plug and full...

OE2012: do corte na despe...

Curto rescaldo da Madeira

Na Madeira

O fetiche do voto do betã...

A 18 cêntimos a acção (3)

A 18 cêntimos a acção (2)

A 18 cêntimos a acção

Em entrevista comparada

Alguém me explica este li...

Últimos comentários
Hmmm é pena que o blog tenha acabado :(
quanto mais a deleora só isto era um poste da edp ...
Cambada de antropomorfistas d'electrõesJá agora eu...
Durante uns bons anos - 5 pelo menos - tb fui ague...
Eutanasiar um blogue...eu sei o que custa manter u...
entrapolítico privado num tem né?Mas se todo o hom...
Oi muito thanx! amei re-ler essa publicação é engr...
é que não apanham pó....a desvantagem é que desapa...
mais comentados
Diário da República
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


Temas

todas as tags

subscrever feeds