Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

República do Caústico

O jogo de Sócrates: o último trunfo

17.03.11, João Maria Condeixa

É óbvio que Sócrates quer que o governo caia. Este é provavelmente o último momento para Sócrates se propôr a eleições e ainda conseguir ganhar. Mais tarde, depois do PSD ter consolidado o seu projecto e ter descolado em intenções de voto do PS, será muito mais dificil a Sócrates arregimentar forças para derrotar a direita. Para já, mesmo à esquerda que dele discorda, ainda consegue capitalizar votos. Mais tarde, depois de apertar ainda mais o cerco e de ir tropeçando nas trapalhadas e na pressão que desgasta todos, será impossível fazê-lo.

 

Daí que ter sacudido as SCUTS para o PSD, o ter encurralado entre os aplausos da UE e o esforço desmedido do governo calimero e não ter avisado nenhuma das partes para negociação, nem sequer ter dado um telefonema ao PR, faça, obviamente, tudo parte de uma estratégia para irmos a eleições. E quando o bloco central quer - e neste momento quere-o - não há nada mais a fazer. É uma questão de tempo. A crise política está aí e foi lançada pelo PS. Mas com um propósito de salvação próprio.

1 comentário

Comentar post