Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

República do Caústico

Decidam-se..

10.03.11, João Maria Condeixa

Não podemos estar permanentemente a dizer que os portugueses estão arredados da política e que os jovens andam alheados desse mundo, para depois, quando os incitam a fazer ouvir a sua voz, virmos logo dizer que isso é incitar à desordem, ao caos e à sublevação.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.