Quinta-feira, 10 de Março de 2011
por João Maria Condeixa, em 10/3/11

Não podemos estar permanentemente a dizer que os portugueses estão arredados da política e que os jovens andam alheados desse mundo, para depois, quando os incitam a fazer ouvir a sua voz, virmos logo dizer que isso é incitar à desordem, ao caos e à sublevação.


publicado por João Maria Condeixa às 10:30
link do post | Please be gentle | (1)

Quarta-feira, 9 de Março de 2011
por João Maria Condeixa, em 9/3/11

Efeito regularis a partir do 14º dia. Apesar da entrada ter tido muito pouco de bom, a saída vai ser de facto um alívio..


publicado por João Maria Condeixa às 10:34
link do post | Please be gentle | (1)

por João Maria Condeixa, em 9/3/11

 Efeito regularis a partir do 14º dia.


publicado por João Maria Condeixa às 10:14
link do post | Please be gentle | (1)

Sábado, 22 de Janeiro de 2011
por João Maria Condeixa, em 22/1/11

muito mesmo. Amanhã digo-vos o que acabei por escrever no boletim de voto.


publicado por João Maria Condeixa às 22:00
link do post | Please be gentle | (3)

Sexta-feira, 21 de Janeiro de 2011
por João Maria Condeixa, em 21/1/11

 

Garanto-vos que programas como o Ídolos cumprem mais o seu propósito que as campanhas presidenciais. Quem chega ao fim, goste-se ou não, mostrou os seus dotes vocais. Enquanto que nas presidenciais - não se julgue que só estas é que foram assim - poucos são os momentos em que os candidatos mostram ao que vão.

 

Primeiro por tal não lhes ser pedido: nas ruas o eleitorado que se cruza com os candidatos transforma-os, pelos pedidos que lhes faz, em Super Primeiro-Ministros. Para o eleitorado há os Presidentes de Junta, os Presidentes de Câmara, o Primeiro-Ministro e, por fim, no topo da cadeia alimentar, o Presidente da República. Este é o organograma que traçam de Portugal sem distinções de responsabilidades e competências. A todos fazem, praticamente, os mesmos pedidos e reclamações.

 

Daí que os candidatos, cedendo à tentação de absorverem a atenção do eleitorado, falem daquilo que muitas vezes não lhes compete, esquecendo, por exemplo, temas que lhes deviam encher os dias como a manutenção da soberania do Estado e dos instrumentos financeiros que a estão a pôr em causa - não o FMI, mas, por exemplo, a necessidade de levar à Comissão um orçamento para aprovação prévia -. Poucos foram os temas que focaram e que lhes dizem directamente respeito: ou mandaram para o ar declarações de interesse gerais ou prometeram aquilo que não lhes compete.

 

Ora se nem eleitorado, nem candidatos focam e valorizam os dotes para as ditas funções, talvez isso queira dizer algo sobre o confuso regime semi-presidencialista em que vivemos e que poucos parecem saber, ao certo, o que é.


publicado por João Maria Condeixa às 11:00
link do post | Please be gentle

Quarta-feira, 12 de Janeiro de 2011
por João Maria Condeixa, em 12/1/11

Acabei de ver o telejornal. Onde andou nos últimos tempos este Cavaco Silva candidato?


publicado por João Maria Condeixa às 21:22
link do post | Please be gentle | (2)

Quarta-feira, 8 de Setembro de 2010
por João Maria Condeixa, em 8/9/10

O PSD fez bluff com a dissolução do parlamento, até onde e quando pôde, dizendo que tinha de conhecer o Orçamento de Estado em tempo útil de poder agir em conformidade, caso não fossem executadas as suas exigências. Que é como quem diz "se me cheirar a esturro e não cumprirem o acordado, quero ter tempo de mandar tudo abaixo!".

 

Cruzei-me com fanfarrões desses vida fora: esticavam sempre a corda, apenas e só, quando viam que dali não iria sair perigo. Nessas alturas era vê-los crescer. Já noutras, não havia quem desse por eles.

 

Amanhã acaba a janela de oportunidade para dissolver o parlamento. Logo depois começará um novo período para o PSD. Aquele onde dirá: "nós bem queríamos, até falámos nisso, mas não podemos!"


publicado por João Maria Condeixa às 11:14
link do post | Please be gentle

Quarta-feira, 25 de Agosto de 2010
por João Maria Condeixa, em 25/8/10

Dão-se alvíssaras a quem conseguir arrancar o nome deste senhor de um qualquer militante do PCP no Alentejo. Ou na Beira Baixa. Ou no Algarve. Ou na Beira Interior. Ou até mesmo fora do PCP.


publicado por João Maria Condeixa às 09:15
link do post | Please be gentle | (1)

Quarta-feira, 17 de Fevereiro de 2010
por João Maria Condeixa, em 17/2/10

Fernando Nobre vai ser candidato à Presidência da República. Sempre tem mais hipóteses do que receber o Nobel da Paz. É que a AMI tem obra feita e não é bem uma agência meterológica, pelo que se estava a tornar difícil, para não dizer impossível, alcançar tão cobiçado prémio.


publicado por João Maria Condeixa às 18:24
link do post | Please be gentle


Real Constituição da República do Cáustico
Leia atentamente este folheto antes de tomar a constituição como sua.
Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico, farmacêutico ou constitucionalista de família.
Em caso de emergência:
jcondeixa@hotmail.com
Posts recentes

Decidam-se..

Magistratura activa (2)

Magistratura activa..

Tenho estado a reflectir

Chegados ao último dia

Em Belém não foi..

We've tried, but now is t...

Apostar forte

Cansado de ir ao Nobel

Últimos comentários
Hmmm é pena que o blog tenha acabado :(
quanto mais a deleora só isto era um poste da edp ...
Cambada de antropomorfistas d'electrõesJá agora eu...
Durante uns bons anos - 5 pelo menos - tb fui ague...
Eutanasiar um blogue...eu sei o que custa manter u...
entrapolítico privado num tem né?Mas se todo o hom...
Oi muito thanx! amei re-ler essa publicação é engr...
é que não apanham pó....a desvantagem é que desapa...
mais comentados
2 comentários
1 comentário
1 comentário
Diário da República
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


Temas

todas as tags

subscrever feeds