Terça-feira, 21 de Junho de 2011
por João Maria Condeixa, em 21/6/11

"Eu queria era fazer o exame de Biologia no CEJ!"


publicado por João Maria Condeixa às 14:50
link do post | Please be gentle | (1)

Quinta-feira, 16 de Junho de 2011
por João Maria Condeixa, em 16/6/11

A justiça não nasce cega. Primeiro precisa de um bom par de olhos para copiar.

Temas: ,

publicado por João Maria Condeixa às 11:50
link do post | Please be gentle | (3)

Segunda-feira, 30 de Maio de 2011
por João Maria Condeixa, em 30/5/11

O biqueiro do Marco do Big Brother na outra em directo para a TV não coloca em prisão preventiva a TVI e 3/4 da população portuguesa que vibrou com a cena?


publicado por João Maria Condeixa às 15:28
link do post | Please be gentle | (1)

Quinta-feira, 10 de Março de 2011
por João Maria Condeixa, em 10/3/11

Aquele que protege um poderoso, é mais poderoso que ele. Faz sentido, pois,  que tenha um plafon de telemóvel maior.

Até porque em caso de emergência, não pode correr o risco de não salvar o seu protegido por falta de saldo.


publicado por João Maria Condeixa às 15:00
link do post | Please be gentle

Quinta-feira, 30 de Dezembro de 2010
por João Maria Condeixa, em 30/12/10

 

Se há quem tenha ficado credibilizada e beneficiada com o ano de 2010, foi, definitivamente, aquela sra. vendada carregada de balanças e espadas e que dá pelo nome de Justiça. Arrumou todos os assuntos que se andavam a arrastar há anos e de forma definitiva. Bem, excepto, talvez, no Caso Casa Pia e naquela trapalhada do acórdão, no episódio das escutas do Face Oculta que entretanto reapareceram depois da novela que foi a sua ordem de destruição, no Freeport e os processos disciplinares agora instaurados, nas acusações e pressões ao PGR e com todas as alarvidades da Procuradora Cândida Almeida pelo meio e no caso BPN que tardou em ser visto. Em tudo o resto foi extremamente expedita e eficiente, quase aposto!

 

O que explica que nenhum candidato a Presidente da República se tenha ainda pronunciado sobre o tema. Depois de 2010 a Justiça ficou bestial!


publicado por João Maria Condeixa às 20:13
link do post | Please be gentle

Segunda-feira, 13 de Setembro de 2010
por João Maria Condeixa, em 13/9/10

Acordão da Casa Pia começou a ser entregue aos advogados.


publicado por João Maria Condeixa às 10:39
link do post | Please be gentle

Quinta-feira, 9 de Setembro de 2010
por João Maria Condeixa, em 9/9/10

O Estado precisa de quem o ensine a trabalhar com pens, essa maquineta do demo, complicada, pouco simplexicada e que lhe faz a vida negra. Em 2009 atrasou-lhe a entrega do Orçamento de Estado. Hoje foi a responsável pela entrega atrasada do acórdão do caso Casa Pia. Malditos suportes informáticos!


publicado por João Maria Condeixa às 10:29
link do post | Please be gentle

Sexta-feira, 3 de Setembro de 2010
por João Maria Condeixa, em 3/9/10

Andando pela rua apercebemo-nos que, na generalidade, as pessoas têm sérias dificuldades em condenar os arguidos do processo Casa Pia, à excepção de "Bibi". Falta-lhes um político. Os políticos são muito mais fáceis de condenar com veemência! (E não, não estou a escrever uma indirecta por causa de Paulo Pedroso). Estes senhores, alguns desconhecidos do público e outros eternos companheiros de serões televisivos, são muito, mas muito mais difíceis de radiografar. O povo não lhes consegue traçar o perfil para lá da empatia que outrora com eles estabeleceu e, por isso, dificilmente, concordará com a condenação que a justiça lhes atribuiu. Vai portanto desconfiar da justiça ou morrer na dúvida..

 

Ao político não. Seja ele testemunha, constituído arguido, ilibado ou condenado, o povo "tira-lhe a pinta". E desconfia sempre, caso "o poderoso" se safe. A justiça, nestes casos, muito raramente se cumpriu.

 

Em casos como o de hoje, ao povo "custa-lhe a crer". Naqueles em que envolve um político a decisão do tribunal só pode ser uma: culpado.

 

E a este julgamento público ninguém foge.


publicado por João Maria Condeixa às 16:46
link do post | Please be gentle

por João Maria Condeixa, em 3/9/10

Um acordão com 2000 páginas devia ser um "adormeção".


publicado por João Maria Condeixa às 12:56
link do post | Please be gentle

por João Maria Condeixa, em 3/9/10

Está visto que falta uma estátua dourada da Justiça à entrada do Campus. Daria ainda mais glamour à coisa.


publicado por João Maria Condeixa às 10:23
link do post | Please be gentle

Sexta-feira, 27 de Agosto de 2010
por João Maria Condeixa, em 27/8/10

Começo a achar que devíamos ter todos esta foto em nossas casas. Afinal de contas está connosco há tantos anos! Quase faz parte da família..


publicado por João Maria Condeixa às 18:47
link do post | Please be gentle | (3)

Segunda-feira, 9 de Agosto de 2010
por João Maria Condeixa, em 9/8/10

Tiago, a sugestão para procuradorável é de facto hilariante. Um meliante como PGR seria mesmo de rir, mas nem assim me convences que um Sindicato - e explica lá a quem te comenta que eu consigo dizer esta palavra sem incorrer num tripe raivosa - poderá ter mais competências que um PGR apenas porque foi democraticamente eleito por umas dúzias de senhores cultos, inteligentes e proeminentes. Por muito bons que eles sejam, eu não elegi nenhum deles como meu representante. Nem um!

 

O PGR não é nomeado por 3 partidos, como tentas passar, mas sim sugerido pelo Governo e nomeado pelo Presidente da República, que como é lógico - não há tanta falta de senso que leve ao contrário! - ouvirá todos os partidos com assento na AR. Em teoria, romântica q.b., o PR estará a receber as indicações dos portugueses, por intermédio de quem eles decidiram, por voto, que tivesse esse poder, sobre quem deverá vir a ser o próximo PGR.

 

 


publicado por João Maria Condeixa às 22:05
link do post | Please be gentle

por João Maria Condeixa, em 9/8/10
Ontem estive no Combate de Blogs, moderado pelo Filipe Caetano, com o Rodrigo Moita de Deus, o Tomás Vasques e o Tiago Mota Saraiva cujo sonho é ver o Sindicato dos Magistrados do Ministério Público a votar de braço no ar ao estilo do PCP. O que lhes conferirá ainda mais legitimidade, pois claro! A não perder. Essa parte, e aquela em que eu falo de futebol sem me referir a mim na terceira pessoa do singular.

publicado por João Maria Condeixa às 14:53
link do post | Please be gentle | (1)

por João Maria Condeixa, em 9/8/10

Lopes da Mota, ex-Secretário de Estado da Justiça de José Sócrates - então na presidência da Eurojust - alertou as autoridades portuguesas para a constituição de uma equipa mista, composta por portugueses e ingleses, de investigação ao caso freeport.

 

Cândida Almeida, que até então não queria para si o caso freeport, advoca-o de imediato para o DCIAP, impedindo a constituição da referida equipa.

 

Do Serious Fraud Office - um órgão de investigação do Estado Britânico - aparecem agora notas alertando que "os magistrados portugueses estão a bloquear o rumo das investigações que a PJ pretendia" e que e que era notória a preocupação de Cândida Almeida com o facto de o inquérito visar o possível envolvimento do primeiro-ministro.

 

Ao Serious Fraud Office foi confidenciado, pelos dois procuradores envolvidos no processo freeport, não existir confiança na sua superior hierárquica (Cândida Almeida).


publicado por João Maria Condeixa às 10:47
link do post | Please be gentle | (2)

Sexta-feira, 6 de Agosto de 2010
por João Maria Condeixa, em 6/8/10

A 29/01/2009

A procuradora-geral adjunta Cândida Almeida admitiu que José Sócrates poderá ser chamado no âmbito do processo Freeport se houver suspeitas que o justifiquem.

 

A 12/06/2010

os procuradores responsáveis pelo Freeport pediram a Cândida Almeida para ouvirem José Sócrates e Silva Pereira "por terem sido referidos em diversos momentos do inquérito, por alguns intervenientes, bem como em documentos apreendidos, designadamente José Sócrates, importa que se proceda à inquirição de ambos, não obstante a ausência de qualquer proposta da PJ nesse sentido".

 

A 27/07/2010

Cândida Almeida diz que até poderia ter interesse inquirir José Sócrates e Pedro Silva Pereira, no âmbito do processo Freeport, mas de nada adiantaria à investigação, por ser certo que "das suas respostas eventualmente obtidas, não resultariam alterações de fundo aos juízos indiciários, próprios desta fase, que subjazem ao despacho de arquivamento e de acusação ora deduzidos”.


publicado por João Maria Condeixa às 11:59
link do post | Please be gentle


Real Constituição da República do Cáustico
Leia atentamente este folheto antes de tomar a constituição como sua.
Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico, farmacêutico ou constitucionalista de família.
Em caso de emergência:
jcondeixa@hotmail.com
Posts recentes

Ouvido na rua

Infortúnios na vida da Ju...

Prisão preventiva e o Big...

Coisas que fazem sentido....

2010: Momentos Únicos! (2...

Com o patrocínio da repro...

A culpa sempre foi das di...

Não é a apologia do polít...

Piada forçada

Parecia uma noite de ósca...

Últimos comentários
Hmmm é pena que o blog tenha acabado :(
quanto mais a deleora só isto era um poste da edp ...
Cambada de antropomorfistas d'electrõesJá agora eu...
Durante uns bons anos - 5 pelo menos - tb fui ague...
Eutanasiar um blogue...eu sei o que custa manter u...
entrapolítico privado num tem né?Mas se todo o hom...
Oi muito thanx! amei re-ler essa publicação é engr...
é que não apanham pó....a desvantagem é que desapa...
mais comentados
Diário da República
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


Temas

todas as tags

subscrever feeds