Segunda-feira, 28 de Junho de 2010
por João Maria Condeixa, em 28/6/10

Julia Gillard é a actual líder do Labor Australiano e a nova Primeira-Ministra do país. Ruiva, solteira e mulher, chegou ao poder sem quotas paternalistas a suportarem esta tripla conjugação minoritária. Por lá, por não ter filhos, foi apelidada, numa espécie de ataque desferido ao estilo de Francisco Louçã, de ser "deliberadamente estéril" e que por isso não poderia conduzir os destinos do país. Em Outubro vai a votos e a coisa promete.

 

Sem quotas, a Austrália é feminina nos quatro primeiros lugares cimeiros: no nome do país, na Rainha, na Governadora-Geral e na actual Primeira-Ministra. Aparentemente sem lóbis, nem engenharias feministas, elas chegam lá. As nossas quando um dia chegarem não terão suado metade, o que não augura muito da qualidade que possam vir a apresentar.


publicado por João Maria Condeixa às 12:00
link do post | Please be gentle

3 comentários:
De Mafalda M. a 28 de Junho de 2010 às 16:01
Olha que agora não vou ser meiga.

Tu dirias do Sócrates - grisalho, divorciado, primeiro-ministro? Talvez este não seja um bom exemplo que chamar-lhe isto é elogiá-lo. Ou do Obama - preto, casado, Presidente? Ou do David Cameron?

Porque que raio a senhora é vista como ruiva, solteira, primeira-ministra?
Não fez a senhora nada mais que a distingui-se do que estas caracteristicas?
Sim num país sem a parolice das Quotas ela chegou e venceu, parece-me um exemplo a seguir mas recuso-me a pintar o cabelo :P

Já reclamei com o Provedor do Público sobre o titulo, é no minimo desprestigiante para quem merece o oposto.

Beijinhos

Pronto já ralhei tudo ;)


De João Maria Condeixa a 28 de Junho de 2010 às 17:15
Não Mafalda, acho que não me fiz entender. Essas três características são para mim, indiferentes. Não devem ser enaltecidas nem escondidas. Mas saem da norma ou da moda, tornando-a "triplamente" minoritária. E apesar dessas "amarguras da vida" :D a "menina" não precisou de bengalas. Acho que o título do público também vai neste sentido.


De Mafalda M. a 28 de Junho de 2010 às 17:57
Ok João essa não foi a tua interpretação fico satisfeita, mas quanto ao público não tenho muitas dúvidas, não li nem uma linha relacionada com aquilo que a senhora defende, do que quer para o futuro da Austrália, tudo o que li tem a ver com o facto de ela ser mulher e do estigma que enquanto mulher passou.
Acho que ela merece um artigo sobre ela enquanto politica, sobre o que defende e o que quer para o país dela, não do quanto lutou para lá chegar, isso neste momento é o mais irrelevante.
Não o será para quem queira aprofundar mais sobre a sua vida, mas para isso tem que governar tem que mostrar, se queres que te diga sinceramente acho que o mais fácil foi o que conseguiu agora, daqui para a frente continuar a ser respeitada, ser uma lider com presença é que é dificil.
Pergunta lá à Drª Manuela Ferreira Leite.
Para chegar a Margaret Tatcher ou Angela Merkel é preciso mais do que chegar lá, chegar lá não foi de certo o mais dificil para ambas.


Comentar post

Real Constituição da República do Cáustico
Leia atentamente este folheto antes de tomar a constituição como sua.
Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico, farmacêutico ou constitucionalista de família.
Em caso de emergência:
jcondeixa@hotmail.com
Posts recentes

Pulling the plug and full...

OE2012: do corte na despe...

Curto rescaldo da Madeira

Na Madeira

O fetiche do voto do betã...

A 18 cêntimos a acção (3)

A 18 cêntimos a acção (2)

A 18 cêntimos a acção

Em entrevista comparada

Alguém me explica este li...

Últimos comentários
Hmmm é pena que o blog tenha acabado :(
quanto mais a deleora só isto era um poste da edp ...
Cambada de antropomorfistas d'electrõesJá agora eu...
Durante uns bons anos - 5 pelo menos - tb fui ague...
Eutanasiar um blogue...eu sei o que custa manter u...
entrapolítico privado num tem né?Mas se todo o hom...
Oi muito thanx! amei re-ler essa publicação é engr...
é que não apanham pó....a desvantagem é que desapa...
mais comentados
Diário da República
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


Temas

todas as tags

subscrever feeds