Terça-feira, 16 de Março de 2010
por João Maria Condeixa, em 16/3/10

Vamos lá aqui fazer um exercício para que seja mais fácil de entender os resultados dos esforços cegos que se fazem na administração pública:

 

O Sr. Zé, dono do supermercado no r/c do meu prédio, tem sentido nos últimos tempos necessidade de apertar o cinto e de dispensar pessoal sob o risco de ter de prescindir por completo do negócio que entrou em declínio já antes da crise. Não fosse a coisa agravar-se e passar o ponto de não-retorno, sacou do lápis de cima da orelha e atirou-se às contas:

6 pessoas na peixaria desde o tempo em que a pescada era mais barata que a carne picada e que agora pouco tinham de fazer; 2 pessoas no talho sem mãos a medir, 4 nas registadoras, uma nos iogurtes que se vendem sozinhos e 4 na padaria que também já viu dias melhores antes das bimbys e do Bimbo pão de forma cheio de ar chegarem ao mercado.

Havia que resolver o problema e reduziu 4 peixeiras, 2 padeiras e 1 sra. dos iogurtes. Admitiu 1 para o Talho e voltou a sorrir.

Se tivesse optado por ter posto uma venda nos olhos e dito que a cada 3 que saísse entraria 1, tinha ficado refém da saída das peixeiras que já não vendem, para poder colocar uma pessoa no talho, que quando lá chegasse, só com sorte é que teria clientes para aviar, pois já se sabe que nestas coisas, se demora muito, vai-se ao supermercado do lado.

Ou, num cenário ainda pior, talvez tivesse saído uma pessoa do talho e as peixeiras com anos pela frente na função teriam continuado a pesar no orçamento não dando espaço à receita.

 

Mas, felizmente, o Sr. Zé sabe que não o pode fazer, mesmo sendo o único supermercado do bairro. Se o Sr. Zé sabe, o que falta para sabermos nós todos?

 

PS: dei por mim a concordar com os sindicatos.


publicado por João Maria Condeixa às 13:27
link do post | Please be gentle

2 comentários:
De Francisco da Costa a 16 de Março de 2010 às 17:07
A culpa do problema do Sr. Zé é a falta de competitividade. São as grandes superfícies João, são as grandes superfícies.


De João Maria Condeixa a 16 de Março de 2010 às 23:18
O Sr. Zé deu a volta à crise e voltou a sorrir. Será a regra 1 em cada 3 solução para administração pública? Não me parece e, caso raro, concordo com os sindicatos


Comentar post

Real Constituição da República do Cáustico
Leia atentamente este folheto antes de tomar a constituição como sua.
Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico, farmacêutico ou constitucionalista de família.
Em caso de emergência:
jcondeixa@hotmail.com
Posts recentes

Pulling the plug and full...

OE2012: do corte na despe...

Curto rescaldo da Madeira

Na Madeira

O fetiche do voto do betã...

A 18 cêntimos a acção (3)

A 18 cêntimos a acção (2)

A 18 cêntimos a acção

Em entrevista comparada

Alguém me explica este li...

Últimos comentários
Hmmm é pena que o blog tenha acabado :(
quanto mais a deleora só isto era um poste da edp ...
Cambada de antropomorfistas d'electrõesJá agora eu...
Durante uns bons anos - 5 pelo menos - tb fui ague...
Eutanasiar um blogue...eu sei o que custa manter u...
entrapolítico privado num tem né?Mas se todo o hom...
Oi muito thanx! amei re-ler essa publicação é engr...
é que não apanham pó....a desvantagem é que desapa...
mais comentados
Diário da República
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


Temas

todas as tags

subscrever feeds