Quinta-feira, 18 de Agosto de 2011
por João Maria Condeixa, em 18/8/11

Há famílias que vivem sempre em crise e que por isso adiam eternamente soluções de investimento que lhes aliviem as despesas correntes.

 

A família Estado - que às vezes se vai esquecendo que é descendente do Zé Povinho - é disso maior exemplo. Embora seja a maior proprietária de imóveis em Portugal, muitos dos quais resultantes de doações com indicações específicas do uso a dar, não foi capaz de encontrar tempo ou dinheiro para se mudar de um imóvel arrendado para um que lhe pertença. Por isso, ao mesmo tempo que arrenda monstros, tem por outro lado imóveis seus a cair ou subaproveitados. Claro que a coisa obriga a um investimento, a remodelações físicas, a obras e dores de cabeça, a empate de capital e a levantar pó e a arredar cadeiras. Mas pelo menos ficaria com uma coisa sua, arranjada e apropriada aos seus interesses, em vez de arrendar a terceiros deitando, como se costuma dizer, dinheiro à rua.

 

O retorno a médio-prazo, mesmo que fosse a longo, estaria garantido. Mas tal como aquelas famílias que eternamente vão adiando decisões deste género, o Estado vê-se, agora sim, com a necessidade premente de poupar e de cortar nas despesas mas com a impossibilidade ou falta de fundos para investir e o fazer.

 

Faltou-nos sempre visão de longo prazo. Por isso gastamos 57 milhões de euros por ano em imóveis arrendados. Ao próximo balão de oxigénio talvez fosse importante pensar nisto.


publicado por João Maria Condeixa às 11:25
link do post | Please be gentle

2 comentários:
De Só 57 milhões? E as autarquias? a 18 de Agosto de 2011 às 19:48
e os tribunais de leasing?

e as esquadras?

e ...só os quartéis é que são do estado e os desactivados só em obras de recuperação em curso vão custar mais de
57 milhões...desde os de cavalaria ao de infantaria 11

são uns 60 milhões em obras no ministério ou a quem foram passados

é esse o problema das obras
recuperar um fortezinho ou um palacete estatal custa milhões...ocupar os doados a juntas ou a autarquias

custa chamegos políticos

com tantos trocos e não têm nenhuns

se calhar deviam arranjar uns moços d'obras no desemprego

e material de construção penhorado que vai por tuta e meia nos leilões....

os leilões de falências têm sido um maná....

só não são nem pró estado nem prós credores

é assi...a má gestão é indigesta


De visões turvas... a 21 de Agosto de 2011 às 23:25
søndag 21. august 2011
BLOGUE BESTIÁRIO BIRTUAL? SÃO OS BLOGUES GRAFITTIS A ELECTRÕES?
David disse a Golias....tás tramado pá...

Escândalo...quem investiga???.....depois de pôr tudo em pratos sujos

inda quer inbestigações..


Os dez ministros ganharam 2,15 milhões em 2010 e têm no banco mais de 3,5 milhões.

do modo como se escreve depreende-se que cada ministro é uma cabeça de hidra com bolsos de mesma

OPORTUNISTAS POLÍTICOS ou CARREIRISTAS POLÌTICOS?


Paula Teixeira da Cruz, Miguel Relvas e Vítor Gaspar são os que mais têm em depósitos bancários.....

Ou seja os restantes têm menos


O primeiro-ministro Passos Coelho e a ministra da Agricultura Assunção Cristas foram os únicos membros do governo que ainda não entregaram a actualização da declaração de rendimentos no Tribunal Constitucional.
Ao todo, os restantes dez ministros do novo governo receberam por trabalhos prestados no ano passado 2,15 milhões de euros. Só Paulo Macedo, ministro da Saúde, recebeu 39,4% dessa fatia.
O governante que tutela os destinos do Serviço Nacional de Saúde, saiu do Millennium BCP onde ganhou no ano passado mais de 816 mil euros. A juntar a esse valor, Macedo recebeu benefícios com reforma, de mais valias e bens imóveis de mais de 29 mil euros.

Macedo tornou-se assim o ministro que de mais rendimentos abdicou ao voltar a assumir um cargo público.

OU SEJA ALÉM DE TER SÓ UNS TROCOS AINDA POR CIMA É UM IDIOTA?

Paula Teixeira da Cruz aparece em segundo lugar na tabela. A ministra da Justiça ganhou mais de 360 mil euros por trabalhos que fez no ano passado. Além disso, a também vice-presidente do PSD é a governante que mais dinheiro tem no banco em depósitos a prazo: mais de 900 mil euros. Logo seguido de Miguel Relvas, com 751 mil euros, e de Vítor Gaspar que tem em poupanças 655 mil euros. Paulo Macedo sai do ranking, mas porque grande parte do dinheiro tem investido. Em depósitos tem 363 mil euros, mas tem mais de um milhão em acções e participações. Os dez ministros todos juntos têm mais de 3,5 milhões em depósitos bancários.

Finaliza com VAMPIROS....

Quando uma estrada tem mais 10 x o dinheiro de 10 ministros

ou uma câmara gasta mais em 2 edifícios que as posses de 10 ministros

investigue-se porque é que os 10 ministros têm mais relevo?


O inútil mundo dos blogues!

(exclamativo....)
ou seja um utilitarista

é útil come-se é inútil cospe-se

Neste blog não há diálogo, há monólogos sucessivos ou sobrepostos.

ou seja um blogue deveria ser um meio de diálogo entre mudas gentes
analfabetas...é um ponto de vista...limitado...mas é um pontinho




Na verdade em todos os blogues que já olhei....

olhou não escreve leu...

olhou ...porque a opinião dele como de todos os bloggers
egotistas por natureza como os membros dos gangs (revolucionários ou não)sobrepõe-se à dos restantes

olhou porque obviamente não são dignos de consideração

não são humenos nem como ele humais



Este meio nasceu (mito do nascimento (interessante neste tipo de patologias...ego absorventes)

para divulgar os «diários» íntimos, ou políticos, de alguns adultos, para tornar conhecidos egos frustrados no anonimato ou ainda para amplificar o ruído dos «formadores de opinião» com esperanças políticas.

(revelação inconsciente das suas razões (obviamente não considera outras opções o que é válido para ele é válido para todos os restantes)

(fraca capacidade de empatia com quem que não partilhe as suas "taras" "ideológicas"

Se quiserem um meio de debater com alguma seriedade, se é que isso ainda é possível e útil, só com listas electrónicas temáticas e moderadas,....ou seja messias complex

eu tenho a solução das soluções

"a solução finale" ou outra mais maninha


pois um bando de desocupados,(pois a conversa de café é causa de desocupados)


onde talvez eu esteja incluído,
(auto-flagelação para tornar visível a auréola de mártir

eu que sou como vós mas....apesar disso especial


dedicam-se a ocupar estes espaços

(um anti-grafitter porque mesmo os espaços inexistentes têm de ter ocupação e útil...


Comentar post

Real Constituição da República do Cáustico
Leia atentamente este folheto antes de tomar a constituição como sua.
Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico, farmacêutico ou constitucionalista de família.
Em caso de emergência:
jcondeixa@hotmail.com
Posts recentes

Pulling the plug and full...

OE2012: do corte na despe...

Curto rescaldo da Madeira

Na Madeira

O fetiche do voto do betã...

A 18 cêntimos a acção (3)

A 18 cêntimos a acção (2)

A 18 cêntimos a acção

Em entrevista comparada

Alguém me explica este li...

Últimos comentários
Hmmm é pena que o blog tenha acabado :(
quanto mais a deleora só isto era um poste da edp ...
Cambada de antropomorfistas d'electrõesJá agora eu...
Durante uns bons anos - 5 pelo menos - tb fui ague...
Eutanasiar um blogue...eu sei o que custa manter u...
entrapolítico privado num tem né?Mas se todo o hom...
Oi muito thanx! amei re-ler essa publicação é engr...
é que não apanham pó....a desvantagem é que desapa...
mais comentados
Diário da República
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


Temas

todas as tags

subscrever feeds