Segunda-feira, 13 de Junho de 2011
por João Maria Condeixa, em 13/6/11

Fernando Nobre passou do 25º lugar d'Os Grandes Portugueses para o lugar de pedra no sapato. Tivesse sido há uns anos e o seu nome para o lugar de Ministro dos Assuntos Sociais e Saúde não levantaria dúvidas e talvez até fosse aclamado por larga maioria. Mas, por responsabilidade do próprio que coleccionou um grupo de descrentes, anti-fans e desiludidos, hoje isso já não é possível.

 

Nobre mostrou-se um inábil político que fragilizou o conceito de independente. Chegou mesmo a diminuir a admiração de muitos pelo seu percurso profissional.

 

Portugal não pode passar a ter um Ministro apenas para que seja aliviada uma pedra no sapato. Portugal precisa de mais.


publicado por João Maria Condeixa às 18:54
link do post | Please be gentle

8 comentários:
De Daniel João Santos a 13 de Junho de 2011 às 21:28
pois... mas não vai ser assim. Termos de aguentar um não-ministro.


De João Maria Condeixa a 13 de Junho de 2011 às 21:54
Espero que não, Daniel. Espero que sejam boatos e que tudo não passe de uma hipótese que se estudou..


De ó tu qués hábil inábil não leva eh a 13 de Junho de 2011 às 23:02
ó inábel político nascido na raska geração

isto há cada um

Nobre é um bom organizador

pode ser um político inabilis

mas é um homenzito duro em condições de crise

coisa que nem Paulo Portas nem Santana Lopes foram

fizeram o mesmo que sócrates

alimentaram clientelas e um monstro em crescimento rápido

se a ideologia cega é fazer um transplante de córnea política

ó hábil político mas inábil administrador


De João Maria Condeixa a 14 de Junho de 2011 às 09:55
Um ministro é um político. Deverá ser um político. E como o próprio anónimo reconhece, Nobre "é um político inabilis".


De resumindo um bom ministro e houve poucos a 13 de Junho de 2011 às 23:10
desde João Franco

não se rege pelos seus apoiantes ou fãs

fanum lege

um bom ministro lança as bases para o futuro

e lança pontes que se bem cuidadas duram séculos

os maus ministros derrubam pontes e separam as gentes

Hintze Ribeiro


De Jomas a 14 de Junho de 2011 às 01:48
Consegues gerar comentários do mais estranho que há!
Não tá nada mau! ahahahah!



De João Maria Condeixa a 14 de Junho de 2011 às 09:58
estranhos mas assíduos..


De a estranheza está nas mentes das gentes a 16 de Junho de 2011 às 00:55
olhos de carneiro em pickles são estranhos mas há quem os ache normais

é como os caracóis

ou o c.d.s cambada de safados?

é tudo uma questão de visão ou falta dela


Comentar post

Real Constituição da República do Cáustico
Leia atentamente este folheto antes de tomar a constituição como sua.
Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico, farmacêutico ou constitucionalista de família.
Em caso de emergência:
jcondeixa@hotmail.com
Posts recentes

Pulling the plug and full...

OE2012: do corte na despe...

Curto rescaldo da Madeira

Na Madeira

O fetiche do voto do betã...

A 18 cêntimos a acção (3)

A 18 cêntimos a acção (2)

A 18 cêntimos a acção

Em entrevista comparada

Alguém me explica este li...

Últimos comentários
Hmmm é pena que o blog tenha acabado :(
quanto mais a deleora só isto era um poste da edp ...
Cambada de antropomorfistas d'electrõesJá agora eu...
Durante uns bons anos - 5 pelo menos - tb fui ague...
Eutanasiar um blogue...eu sei o que custa manter u...
entrapolítico privado num tem né?Mas se todo o hom...
Oi muito thanx! amei re-ler essa publicação é engr...
é que não apanham pó....a desvantagem é que desapa...
mais comentados
Diário da República
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


Temas

todas as tags

subscrever feeds