Terça-feira, 31 de Maio de 2011
por João Maria Condeixa, em 31/5/11

Ou muito me engano ou o PSD começa a descolar nas sondagens a partir de amanhã.


publicado por João Maria Condeixa às 23:02
link do post | Please be gentle | (7)

Segunda-feira, 30 de Maio de 2011
por João Maria Condeixa, em 30/5/11

O biqueiro do Marco do Big Brother na outra em directo para a TV não coloca em prisão preventiva a TVI e 3/4 da população portuguesa que vibrou com a cena?


publicado por João Maria Condeixa às 15:28
link do post | Please be gentle | (1)

por João Maria Condeixa, em 30/5/11
Na semana em que este blogue rompe a barreira dos 110 000 pageviews com uma média diária de 1400 visitas, o vídeo PÓSTROIKA ultrapassa as 100 000. É uma coincidência simpática!
Mas fora de simpatias: será possível que o PÓSTROIKA chegue às 180 000 antes de dia 5 de Junho? PARTILHE e volte a PARTILHAR! Há que tentar..

publicado por João Maria Condeixa às 10:26
link do post | Please be gentle | (1)

Domingo, 29 de Maio de 2011
por João Maria Condeixa, em 29/5/11

Recomendo que leiam esta declaração de voto. Não por estarmos em período de campanha e por achar que isso pode beneficiar o partido que apoio, mas por, honestamente, considerar que é um exemplo de uma lógica descomplexada que muita falta faz a Portugal.

 

Recomendo-a, embora não concorde a 100% com ela e com a visão que ela tem para o Estado e para o país, mas por ser também isso um sinal do que se passa no meu próprio partido, ao, felizmente, se ter tornado mais abragente, menos confessional e redutor: não é preciso estarmos 100% de acordo com um partido para nele militarmos. Muito menos para nele votarmos.


publicado por João Maria Condeixa às 19:00
link do post | Please be gentle | (3)

Sábado, 28 de Maio de 2011
por João Maria Condeixa, em 28/5/11

Primeiro esconderam a crise. Depois esconderam a necessidade de pedir ajuda. Mais tarde esconderam o acordo que tinham feito, optando por apresentar aquilo que o documento não tinha. Depois esconderam a sua tradução. E por fim esconderam o negócio final que tinham acordado com a Troika.

 

Não interessa se apenas mudaram as datas - aparentemente mudou mais qualquer coisa -. O que importa é que mais uma vez o governo mentiu aos portugueses. Ocultou-nos a verdade. E isso é razão suficiente para não lhe ser confiado o voto.


publicado por João Maria Condeixa às 19:49
link do post | Please be gentle | (2)

Sexta-feira, 27 de Maio de 2011
por João Maria Condeixa, em 27/5/11

Fernanda Câncio escreve hoje no DN um curto parágrafo sobre José Sócrates que vale a pena ler:

Não é todos os dias que depararmos com alguém que renega assim, com tal facilidade, tudo aquilo em que diz acreditar. E se já ninguém pode saber em que crê, é já caso para perguntar se o próprio tem alguma ideia - a não ser, é claro, a de ser primeiro-ministro a qualquer preço.


publicado por João Maria Condeixa às 19:52
link do post | Please be gentle | (5)

por João Maria Condeixa, em 27/5/11

Ela passou por mim no corredor e sorriu. Nunca antes a havia visto, mas apreciei a simpatia. Abriu a porta, entrou e eu segui-a. Sentei-me e ela sentou-se à minha frente. Voltou a sorrir.

Já Chopin tocava baixinho em música de fundo, quando se precipitou em exercícios de alongamento. Depois concentrou-se e tornou-se séria. Eu espequei, aguardando que coelho da cartola iria tirar ela a seguir. E cartola tivesse, teria-a tirado também, pois nesse preciso segundo deixou cair o pano que lhe segurava o corpo e assim se expôs à minha frente. Nua.

 

Ficámos 3 horas noite adentro, um em frente ao outro, sem nada dizermos. Sem uma palavra trocarmos. No fim ela saiu de fininho e eu fui lavar os godés. Mais uma noite de aulas no Ar.Co.

Temas: ,

publicado por João Maria Condeixa às 18:38
link do post | Please be gentle

por João Maria Condeixa, em 27/5/11

No início, o verbo era o "direito à indignação". Depois aprendemos que "quem se mete com o PS, leva" ao mesmo tempo que ainda se ouviam vozes socialistas a dizer com pretensa liberdade "a mim ninguém me cala!". Entretanto, e porque sabemos que gostam é de "malhar na direita" descobrimos que há "pessoas que não sabem respeitar a democracia” e que por se estarem a manifestar contra o governo são detidas sem que tivessem causado distúrbios na ordem pública. Assim evoluiu o PS.


publicado por João Maria Condeixa às 10:50
link do post | Please be gentle

Quinta-feira, 26 de Maio de 2011
por João Maria Condeixa, em 26/5/11

Primeiro não havia tradução do MoU. Depois passou a existir mas nem por isso fidedigna. Leia-se aqui a tradução tão convenientemente mal feita pelo Governo. Felizmente, como tranquilizante, existe um disclaimer prévio: "Em caso de eventual divergência entre a versão inglesa e a portuguesa, prevalece a versão inglesa.

Temas: , ,

publicado por João Maria Condeixa às 19:43
link do post | Please be gentle

por João Maria Condeixa, em 26/5/11

Descobri entretanto que os princípios desta proposta não são novos e são já aplicados, em certas circunstâncias, pelas Sociedades de Reabilitação Urbana:

 

Quando o proprietário, incumprindo a obrigação de reabilitar, não iniciar as operações urbanísticas compreendidas na acção de reabilitação que foi determinada, ou não as concluir dentro dos prazos que para o efeito, sejam fixados, a Lisboa Ocidental pode utilizar os instrumentos de execução nos termos referidos na resposta à Pergunta 2, nomeadamente, tomar posse administrativa dos edifícios, proceder à sua expropriação ou à sua venda forçada.

 

Só que a proposta desta JSD Socialista vai mais longe:

 

3. Benefícios Fiscais e Condições de Financiamento para Reabilitação de Imóveis -  apoiar os proprietários que pretendam recuperar imóveis, com a contrapartida de arrendamento dos mesmos a jovens, por um período não inferior a 10 anos e a preços controlados.

 

Se o proprietário já dificilmente tem condições financeiras para recuperar o imóvel - muito graças à lei de arrendamento e outros empecilhos que o Estado criou e que durante anos inviabilizaram que dali se retirassem rendimentos capazes de ir reparando o imóvel sem custos acrescidos para que não ficassem votados ao abandono e à ruína - assim, com as condições que pus a negrito, ainda pior, pois ficaria coarctado na capacidade de recolher dividendos para responder ao empréstimo e ao investimento feito.

 

O que a JSD propõe é obrigar o proprietário a fazer as obras e suportar parte do arrendamento ou caso contrário deverá vender o imóvel ao Estado. Melhorou bastante, não haja dúvida!


publicado por João Maria Condeixa às 14:20
link do post | Please be gentle

Quarta-feira, 25 de Maio de 2011

Não é justo, na zona do Chiado as casas estão cada vez menos degradadas! Aparentemente estão a ser revitalizadas, recuperadas e reabitadas. E a preços altíssimos a que as pessoas se dispõem a pagar. E eu queria uma!

 

Isto do mercado ditar por onde quer ir tem de acabar. Tínhamos quase tudo para aquela ser uma zona barata: complicámos a vida ao arrendatário, desincentivámos o arrendamento, burocratizámos e inviabilizámos qualquer obra de recuperação pelo proprietário e agora que a JSD tinha uma proposta trotskista para a venda forçada de imóveis degradados ou abandonados para arrendamento a jovens - acho que podiam ter ido mais longe e proposto mesmo a "okupação"! - percebemos que no Chiado já está tudo a ficar impecável e habitado! E eu queria lá uma! E das baratinhas...

 

Sobre isto, aqui está a melhor frase que encontrei sobre o assunto: "dá sempre jeito criar dificuldades para vender facilidades." por André Azevedo Alves.


publicado por João Maria Condeixa às 21:23
link do post | Please be gentle | (8)

por João Maria Condeixa, em 25/5/11

Como é que os jornalistas ainda tem coragem de fazer perguntas a Ricardo Rodrigues apontado-lhe os gravadores? Estão a pedi-las. Ai estão, estão!


publicado por João Maria Condeixa às 20:47
link do post | Please be gentle

por João Maria Condeixa, em 25/5/11

Pelo menos desta vez o nome do vulcão já é pronunciável.


publicado por João Maria Condeixa às 10:54
link do post | Please be gentle

por João Maria Condeixa, em 25/5/11

Estava aqui a pensar que o acordo com a Troika tinha esvaziado a discussão sobre projectos e propostas políticas. Depois pensei um bocadinho mais - aparentemente é possível - e percebi que estava errado: esta não é uma campanha diferente!

 

Dificilmente se discutem as políticas longe dos fait-divers e é esse o tempero de uma campanha. Aquilo que lhe dá vida. Por isso a Troika não veio esvaziar nada e muito menos limitar discussões. Apenas veio comprometer programas com a sua execução, coisa que depois das últimas eleições se previa dificil de conseguir. Aquilo a que hoje se propõem, terão minimamente de cumprir. E puff lá se foram os outdoors das metas folclóricas!

Se repararem bem só aqueles que não se comprometeram com a Troika (BE e PCP) é que têm objectivos surreais espalhados em letras garrafais pelo país. São eles os demagógicos destas eleições e superam largamente a promessa dos 150 000 empregos de José Sócrates.

 

Mas dizia, de resto tudo se manteve. Entre empurrões, vitupérios e epítetos menos próprios, lá se vai discutindo aquilo que é de principal importância mas de somenos interesse para discutir no café ou à hora de almoço. Só que há um reparo grande a fazer: para que conste, nomeações ocultas e défices escondidos não são pormenores, mas antes a pegada de um modus operandi, de uma maneira de estar na política e de um perfil a que José Sócrates nos habituou. E isso é matéria de discussão e de julgamento na urna.


publicado por João Maria Condeixa às 09:28
link do post | Please be gentle

Terça-feira, 24 de Maio de 2011
por João Maria Condeixa, em 24/5/11

Depois das nomeações ocultas, Passos Coelho denuncia agora 200 milhões de "défice oculto". Tendo em conta que estamos a falar de gastos do governo de Sócrates em "serviços de limpeza", o melhor é PPC arranjar um servidor com uns quantos Gigas de capacidade, pois a coisa é capaz de não ter fim..


publicado por João Maria Condeixa às 12:26
link do post | Please be gentle | (1)

Real Constituição da República do Cáustico
Leia atentamente este folheto antes de tomar a constituição como sua.
Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico, farmacêutico ou constitucionalista de família.
Em caso de emergência:
jcondeixa@hotmail.com
Posts recentes

Pulling the plug and full...

OE2012: do corte na despe...

Curto rescaldo da Madeira

Na Madeira

O fetiche do voto do betã...

A 18 cêntimos a acção (3)

A 18 cêntimos a acção (2)

A 18 cêntimos a acção

Em entrevista comparada

Alguém me explica este li...

Últimos comentários
Hmmm é pena que o blog tenha acabado :(
quanto mais a deleora só isto era um poste da edp ...
Cambada de antropomorfistas d'electrõesJá agora eu...
Durante uns bons anos - 5 pelo menos - tb fui ague...
Eutanasiar um blogue...eu sei o que custa manter u...
entrapolítico privado num tem né?Mas se todo o hom...
Oi muito thanx! amei re-ler essa publicação é engr...
é que não apanham pó....a desvantagem é que desapa...
mais comentados
Diário da República
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


Temas

todas as tags

subscrever feeds