Segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2011
por João Maria Condeixa, em 28/2/11

Vim a ouvir a TSF no carro a caminho do escritório. Quem falava era Teixeira dos Santos sobre os mercados e a dívida pública. Dizia que os mercados só pressionam a UE porque descobriram um calcanhar d'Aquiles que é a esta não possuir "mecanismos europeus de intervenção, de natureza federalista, como possuem os EUA". Que existem Estados Norte-Americanos em praticamente solvência, mas que ninguém os pressiona, por pertencerem a um bolo federal com mecanismos maiores que lhes permite essa defesa. E disse ainda que os mercados estão a exagerar agora, quando, em contra-ponto, tinham ignorado e adiado os sinais de crise.

 

O senhor que fez esta acusação foi aquele que descobriu a crise há meia dúzia de dias e que a negou até há bem pouco tempo, lembram-se? E pertence ao mesmo grupo daqueles que dizem temer a vinda do FMI por questões de ordem da soberania portuguesa.

Acatar ordens de uma instituição externa durante uns tempos é perigosíssimo e vergonhoso, mas ir, paulatinamente, transferindo poderes e instrumentos de gestão para a UE, até a tornar numa federação, já é um imperativo político. E o senhor nem se riu, garanto-vos eu, que estava a ouvir com atenção à espera desse momento. É preciso ter lata!


PS- a TSF faz 23 anos. Parabéns!

PS II - parece que também ainda teve tempo para prometer nova subida de impostos!


publicado por João Maria Condeixa às 12:01
link do post | Please be gentle

por João Maria Condeixa, em 28/2/11

 ..e eu do post anterior só errei cinco categorias. Não se pode dizer que 50% de apostas certeiras seja um mau resultado!


publicado por João Maria Condeixa às 09:53
link do post | Please be gentle

Domingo, 27 de Fevereiro de 2011
por João Maria Condeixa, em 27/2/11

 

Director de Arte: The King's Speech - Eve Stewart (Production Design); Judy Farr (Set Decoration)

Melhor banda sonora: The King's Speech - Alexandre Desplat

Melhor Filme Estrangeiro: Biutiful - México

Melhor Realizador: The King's Speech - Tom Hooper (vence por um nariz a Darren Aronofsky- Black Swan)

Fotografia: The King's Speech - Danny Cohen

Melhor Actriz Secundária: Melissa Leo - The Fighter

Melhor Actor Secundário: Christian Bale - The Fighter

Melhor Actriz: Natalie Portman, claro! - Black Swan

Melhor Actor: Colin Firth - The King's Speech

Melhor Filme: Black Swan - Mike Medavoy, Brian Oliver and Scott Franklin


publicado por João Maria Condeixa às 23:33
link do post | Please be gentle | (3)

Sexta-feira, 25 de Fevereiro de 2011
por João Maria Condeixa, em 25/2/11

A Al-Qaeda fez-me agora lembrar o PCP que sempre que vê uma greve ou cheira um processo de despedimento, avança com o comité central em peso, munido de imensa solidariedade por aquele momento de luta, para a frente dos portões das fábricas.

 

Não descurando o trabalho de fundo que possa existir por parte da organização terrorista, é lógico que a Al-Qaeda iria aproveitar o momento. Kadhafi assim o proporcionou ao tentar colar-se ao Ocidente e empurrando todos aqueles que se mostravam contra ele para a barricada da organização fundamentalista islâmica. Era, pois, uma questão de tempo até virem reclamar esse exército.

 

Mal esteve o Ocidente, que ao ouvir tais declarações do Coronel amarelo-torrado, não se mostrou capaz de as negar veementemente e de recusar tal colagem e conquistar para si o barril de pólvora que sairá vencedor desta rebelião.

 

PS - daí que tenha sérias dúvidas quanto a ser a Al-Qaeda que tem estado por detrás do incêndio do Magreb.


publicado por João Maria Condeixa às 14:00
link do post | Please be gentle | (2)

por João Maria Condeixa, em 25/2/11

Ó pra mim a concordar com o Jugular!


publicado por João Maria Condeixa às 12:09
link do post | Please be gentle

Quinta-feira, 24 de Fevereiro de 2011
por João Maria Condeixa, em 24/2/11

Guardo a ligeira impressão que Portugal deve estar a ser visto como um daqueles putos baixinhos, rabinos e travessos, que fartos de fazer merda o dia todo e adiando o mais possível o assunto, ficam à porta da casa-de-banho, de pernas quase cruzadas e mãos em concha sobre a virilha, batendo insistentemente para entrar à medida que a "aflição" vai aumentando. 

 

É que, aparentemente, vamos agora esperar até 24 e 25 de Março por uma cimeira que decidirá sobre a flexibilização do FEEF, o que poderá - desta vez é que é! - acalmar o nervosismo dos mercados sobre Portugal - esses que iriam respirar de alívio com a eleição de Cavaco -. Até lá vamos indo de leilão em leilão - o que é bom até porque os juros estão muito em conta - tentando adiar a "aflição" e combatendo veementemente todos aqueles traidores da nação que dizem que Portugal deverá pedir ajuda externa.

 

O que fica por responder é quem pagará todo este atraso imputado sobre o país. Quem pagará este ónus sobre as contas públicas e as hipotecas que temos constituído para o futuro, caso se venha a verificar, no final, que o pedido de ajuda é inevitável?

 

É que quando Portugal se for "aliviar", pode já ter estragado a bexiga, mas a Teixeira dos Santos o máximo que pode acontecer é perder o cargo!


publicado por João Maria Condeixa às 16:44
link do post | Please be gentle | (4)

Quarta-feira, 23 de Fevereiro de 2011
por João Maria Condeixa, em 23/2/11

 

Embora tenha tido azar com o dia escolhido, pois não chovia, pelo que não foi necessário um guarda-chuva a simbolizar o regime, José Sócrates dirigiu-se ao povo ao estilo do seu amigo/cliente de Magalhães, Muammar Kadhafi: "Não vou deixar esta ideia, os contribuintes morrerão todos como uns mártires" terá dito José Sócrates sobre a sua obra de regime, o TGV .

 

O homem conhecido por ser obcecado pela modernidade e pelo choque tecnológico disse ainda "Eu não sou um Primeiro-Ministro, sou o líder da evolução!" esquecendo que é responsável por um governo que tem binóculos a vigiar a costa em vez de radares e cujo último grito da tecnologia provocou umas eleições nada atribuladas. "...e se vierem a manifestar-se, serei bem capaz de lançar sobre vós os blindados - ah ainda não chegaram? - os submarinos - ah ainda estão para reparação? -  a PSP - o quê, não os há em nº suficiente? - bem, os meus Ministros Santos Silva e o Silva Pereira!"

 

Sobre a "geração rasca" que prepara uma manifestação para o próximo dia 12, Sócrates já terá afiançado que se trata de um grupo de jovens consumidores de leilões de dívida pública e de outras substâncias psicotrópicas, como por exemplo a música dos Deolinda, os principais cabecilhas dessa organização, que foram já identificados pela secreta que recebeu, justamente agora, um reforço financeiro depois de ter visto o seu anterior director pedir a demissão por cortes no orçamento.


publicado por João Maria Condeixa às 14:03
link do post | Please be gentle

Terça-feira, 22 de Fevereiro de 2011
por João Maria Condeixa, em 22/2/11

 

Dá para contar pelos dedos de uma mão o número de vezes que falho, ao final de um dia de trabalho, à saída do escritório, aqueles acordes do "Pessoal e Transmissível" na TSF. Desde que deixei de fumar agarro-me agora a outras coisas para combater o stress laboral e a guitarra e voz do programa de Carlos Vaz Marques são um substituto ideal. O homem que guarda a melhor locução, dicção e curiosidade da rádio portuguesa - os outros que me perdoem ou se mostrem - traz-me temas inéditos, fora do mainstream e personagens que têm tanto de ricas quanto, muitas das vezes, de desconhecidas. São diamantes que Carlos Vaz Marques faz questão de ir buscar às mais fundas minas e que ali vai lapidando e oferecendo aos ouvintes em fatias finas. O prémio de ontem da Sociedade Portuguesa de Autores foi mais que justo.

 

Ainda para mais consegue ser versátil ao ponto de me dar às sextas - infelizmente aí já falho mais - outro programa igualmente extraordinário: o governo sombra. A ele, Carlos Vaz Marques, os meus parabéns!


publicado por João Maria Condeixa às 19:01
link do post | Please be gentle | (1)

Segunda-feira, 21 de Fevereiro de 2011
por João Maria Condeixa, em 21/2/11

Depois do que aconteceu no Egipto vamos, finalmente, ter a esquerda portuguesa a dizer que a escolha da TIME para pessoa do ano foi acertada ou vão continuar a teimar que o Julian Assange é que devia ter sido o baril a ser escolhido?


publicado por João Maria Condeixa às 15:11
link do post | Please be gentle

Sexta-feira, 18 de Fevereiro de 2011
por João Maria Condeixa, em 18/2/11

"Ah mas a direita também não seria capaz de evitar a escalada do desemprego!"

 

Falso. Para dar cabo das empresas e do emprego já basta a crise, não é preciso pedir ajuda ao Estado. Mas, ao optar por esta política orçamental o governo escolheu matar a economia, aniquilar o consumo e a procura interna. Preferiu esbulhar por via da receita fiscal os contribuintes apagando os erros e escamoteando a despesa pública pela qual é responsável, sem perceber que o que arrecadava para os cofres do Estado iria sair pelo lado dos apoios ao desempregados a curto e médio prazo e por outros apoios sociais.

 

Quando, já no limite, as PMEs se deparam com o crédito mais restritivo - também resultante do clima de retracção de que os bancos se previnem - com uma sobrecarga fiscal agravada e uma consequente descida na procura, nada lhes resta muita vezes senão despedir e/ou fechar portas.

 

Daí que a direita queira poupar as empresas. Pois reconhece que cada uma que "poupa" é, pelo menos, um emprego que salva, um potencial - por microscópica que  seja a empresa - motor  quer está a preservar para ajudar o país no momento da recuperação e um apoio que o Estado evita dar.

 

O desemprego seria alto, mas não chegaria aos níveis a que iremos assistir durante o próximo semestre, fosse a direita que estivesse no poder.


publicado por João Maria Condeixa às 17:27
link do post | Please be gentle | (2)

por João Maria Condeixa, em 18/2/11

 

A convite do André Abrantes Amaral e da Antonieta Lopes da Costa - obrigado aos dois - vou estar hoje com o Francisco Proença de Carvalho a discutir alguns dos principais temas da actualidade:

Moções de Censura - um prenúncio de morte ou um balão de oxigénio para o governo?

Egipto - depois de 18 dias de intensos protestos, Mubarak caiu a 11 de Fevereiro. Será este acontecimento a queda do "muro de Berlim" dos países do Médio Oriente?

Ministro Rui Pereira - depois dos blindados e das eleições - com pedidos de demissão - assistimos a uma nova trapalhada com a vigilância da costa portuguesa, agora feita à base de binóculos. Deverá por isso ser Rui Pereira um dos remodeláveis, esse trunfo que Sócrates vai tentando adiar?

Pacto de Competitividade - Merkel propôs medidas controversas para a uniformização das políticas fiscais dos Estados-membro da UE. É a única receita possível ou uma machadada na soberania?

 

Hoje às 18.05h e domingo às 19.05h (redifusão) em 90.4fm Rádio Europa Lx.

 


publicado por João Maria Condeixa às 09:20
link do post | Please be gentle

Quarta-feira, 16 de Fevereiro de 2011
por João Maria Condeixa, em 16/2/11

...jovem mulher licenciada e grávida conseguiu arranjar emprego.

PS - pouco deve faltar para começarmos a ver coisas anunciadas desta forma.


publicado por João Maria Condeixa às 18:44
link do post | Please be gentle | (4)

por João Maria Condeixa, em 16/2/11

Eu vivo num país onde, entre a ida de Durão Barroso à Presidência da República e a chamada de urgência de Teixeira dos Santos ao Palácio de Belém, há tempo para um Primeiro-Ministro encher o peito e vangloriar-se com os números de 2010 ignorando por completo a retracção do último trimestre, que é prenúncio da recessão anunciada por muitos especialistas para o ano de 2011.

 

Como se as razões que levaram as outras 3 personalidades políticas a reunir não fossem diametralmente opostas ao seu optimismo. E enquanto José Sócrates quiser fazer este papel de quem não pertence a esta história, de quem está ali para lançar adornos, não há como levá-lo a sério. E também por isso deve ser contestado, pois esconder, atrás de uma cauda de matizes electrificantes, uma pateira de imundícies e dificuldades, também é mentir.

 

Querem exemplos das dificuldades que Sócrates teima em esconder? Taxa de desemprego atinge recorde histórico de 11,1%


publicado por João Maria Condeixa às 12:02
link do post | Please be gentle

Terça-feira, 15 de Fevereiro de 2011
por João Maria Condeixa, em 15/2/11

Desvendada receita secreta da Coca-Cola. A propósito deste tipo de assuntos: o Assange não tinha ficado de desvendar as contas todas da Suiça até ao fim de Janeiro? O que foi que aconteceu? Lembrou-se que tinha lá uma ou recebeu um "prémio" do taxista sobrinho do Isaltino Morais?


publicado por João Maria Condeixa às 16:48
link do post | Please be gentle | (3)

por João Maria Condeixa, em 15/2/11

Gosto de ver incompetentes declarados agirem, com toda a lata do mundo, como se a qualidade lhes transbordasse da alma. Gosto, dá-me gozo e chega a ser das melhores personagens cómicas que consigo identificar. Para aqueles que já estão a dizer "lá está ele a falar de Sócrates", lamento desiludi-los, mas não. Não estou sequer a fulanizar - haverá palavra mais pretensiosa que esta mistura de rasca com erudito no dicionário português? -.

 

Falo de uns arreigados incompetentes que existem por todo o lado e que passam a vida a lamentar-se do trabalho, das condições e da incompetência dos que os rodeiam, sacudindo o seus erros para cima de outros; ou daqueles seres pequeninos que se brigam, como as mulheres na apanha do buquê, pela coroa de louros que não lhes pertence; ou daqueles que vêm reclamar dividendos sobre o trabalho que não fizeram, como aqueles arrumadores que estendem a mão p'ra moedinha sem terem sequer encontrado o lugar ou ajudado à manobra.

 

Todos estes exemplos podiam ser José Sócrates e a sua postura perante a economia do país, mas não são Falo no geral, pois claro, de todos aqueles que fazem da incompetência uma manifesta arte!


publicado por João Maria Condeixa às 14:03
link do post | Please be gentle | (1)

Real Constituição da República do Cáustico
Leia atentamente este folheto antes de tomar a constituição como sua.
Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico, farmacêutico ou constitucionalista de família.
Em caso de emergência:
jcondeixa@hotmail.com
Posts recentes

Pulling the plug and full...

OE2012: do corte na despe...

Curto rescaldo da Madeira

Na Madeira

O fetiche do voto do betã...

A 18 cêntimos a acção (3)

A 18 cêntimos a acção (2)

A 18 cêntimos a acção

Em entrevista comparada

Alguém me explica este li...

Últimos comentários
Hmmm é pena que o blog tenha acabado :(
quanto mais a deleora só isto era um poste da edp ...
Cambada de antropomorfistas d'electrõesJá agora eu...
Durante uns bons anos - 5 pelo menos - tb fui ague...
Eutanasiar um blogue...eu sei o que custa manter u...
entrapolítico privado num tem né?Mas se todo o hom...
Oi muito thanx! amei re-ler essa publicação é engr...
é que não apanham pó....a desvantagem é que desapa...
mais comentados
Diário da República
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


Temas

todas as tags

subscrever feeds