Terça-feira, 31 de Agosto de 2010
por João Maria Condeixa, em 31/8/10

 

Definir a dimensão de um monstro não é fácil. Há muito por palmilhar até se perceber os limites da coisa. Desta vez fui até um ministério que fora emagrecido há uns tempos para perceber como estaria hoje em dia.

  

O Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas tem apenas 18 organismos directos. Pouca coisa depois do que se viu no MOPTC e no MTSS. O problema foi ao desdobrar esses 18 ramos. De entre aqueles que nos dão a conhecer as suas entranhas - grande parte, como o IGAP, a DGADR, ou outros, não nos concedem esse privilégio - a maioria tem estruturas orgânicas gigantescas como esta ou esta.

 

Assustou-se com a dimensão da coisa? Não é caso para isso. Lembre-se que até agora, revistos 3 ministérios, vamos em apenas 98 empresas/organismos directos e todos eles com, potencialmente, o mesmo tipo de estrutura. Não o deixa satisfeito saber que ainda há tanto ministério por visitar?


publicado por João Maria Condeixa às 21:18
link do post | Please be gentle

por João Maria Condeixa, em 31/8/10

Em 2007, em defesa da extinção da Brigada de Trânsito da GNR, dizia José Sócrates no parlamento:

o CDS-PP e Nuno Magalhães estiveram três anos no Governo e "não fizeram" a reforma da segurança interna. "Vejo até algum ciúme por ver um Governo fazer uma reforma que o CDS não fez quando teve oportunidade", disse o chefe do Executivo socialista.

Passados apenas 3 anos, sem que tivesse havido tempo sequer para retirar a decoração de todos os carros da "BT", o executivo de José Sócrates vem afinal propôr um remendo para emendar o erro: a DTSR (Divisão de Trânsito e Segurança Rodoviária). "A BT reactivada com outro nome!"

 

Farto destes desnortes que nos emagrecem a carteira e que resultam da casmurrice de quem nunca quer ouvir, mas passa o tempo - talvez por isso - a recuar e a emendar a mão. Portugal é um país refém de um executivo socialista sem acção estruturante que mais parece uma tômbola de despachos que hoje vomita uma ideia e na semana seguinte outra.


publicado por João Maria Condeixa às 11:21
link do post | Please be gentle | (1)

Segunda-feira, 30 de Agosto de 2010
por João Maria Condeixa, em 30/8/10

Sobre a crise que se arrasta, André Abrantes Amaral, "Quem não tem um amigo em Londres?":

 

Há quase vinte anos que estamos nisto. Vinte anos. Para mim e os da geração a que pertenço é mais de metade da vida. Chamam-lhes ‘os melhores anos’, os mais produtivos, mais criativos e originais. Para muitos, já eram. Vinte anos é demasiado tempo para continuar a viver o dia-a-dia da maneira definida pelos outros. Em muitos países, vinte anos é o necessário para se exigir uma atitude diferente.

 

É pena que o tempo passe tão depressa. Ainda ontem Guterres dizia que o país era um pântano e por isso se ia embora. Não se queria sujar. Sujámo-nos nós e sujos continuamos a chafurdar na lama à procura de coisa nenhuma. O tempo vai passando e se a geração dos 30/40 anos hipoteca os seus sonhos ou se vai embora, a que tem 20 e até para os miúdos com 10 anos de idade o futuro não se pode dizer que seja risonho.

 

[...]

 

Quando gente instruída prefere ir-se embora a mudar de governo, fica-se com a impressão que o problema é de fundo. Não há nada mais desonroso para um país que o seu povo querer ir embora.

 

Infelizmente, AAA, é pior e mais desonroso: o seu povo não quer ir embora. Vê-se é obrigado a isso...


publicado por João Maria Condeixa às 17:31
link do post | Please be gentle

por João Maria Condeixa, em 30/8/10

Fernanda Câncio é a mulher que nunca tive. Quer saber onde estive, com quem andei no Sábado e por que razão não apareci no Camões.

 

 - f., não sei se ainda estás a bater o pé de mão na anca, mas eu juro que tenho um álibi. Às 18horas do dia 28 de Agosto de 2010 estava em Aveiro numa workshop sobre a reforma da PAC e Agricultura - que também foi lapidada nestes últimos anos - junto com um grupo de amigos. Bem, também havia por lá mulheres, mas eu prometo que nem olhei para elas. Quem lá esteve pode corroborar o que estou a dizer. Ainda que a agenda deste grupo seja por nós definida - coisa que aparentemente não queres entender - eu não quero estar a entrar em discussões estéreis - não vale a pena! -, por isso deixo-te os colarinhos da minha camisa branca como prova: nem uma marca de batôn lá encontrarás!

 

PS - Quarta é dia de homens: noite de poker.


publicado por João Maria Condeixa às 11:36
link do post | Please be gentle

Sábado, 28 de Agosto de 2010
por João Maria Condeixa, em 28/8/10

 

Aveiro

 


publicado por João Maria Condeixa às 09:30
link do post | Please be gentle | (2)

Sexta-feira, 27 de Agosto de 2010
por João Maria Condeixa, em 27/8/10

Começo a achar que devíamos ter todos esta foto em nossas casas. Afinal de contas está connosco há tantos anos! Quase faz parte da família..


publicado por João Maria Condeixa às 18:47
link do post | Please be gentle | (3)

por João Maria Condeixa, em 27/8/10

Viver o melhor. Um blogue sobre o que de melhor há na vida, com a vantagem de ser feito por não especialistas na matéria. Com tempo ainda vão descobrir os rissóis e croquetes a que a minha mãe me habituou!


publicado por João Maria Condeixa às 12:17
link do post | Please be gentle

por João Maria Condeixa, em 27/8/10

Como querem que a população concorde com medidas de austeridade de combate ao défice se continuamente lhes falam de que estamos no bom caminho, não lhes falam da dívida pública, os iludem com crescimentos de 0,2% e tapam o desemprego de 11% com uma peneira?

 

Como querem que a população concorde com medidas de austeridade de combate ao défice se cada vez que lhes aumentam os impostos vêem crescer a despesa pública?


publicado por João Maria Condeixa às 11:15
link do post | Please be gentle

por João Maria Condeixa, em 27/8/10

Espiões portugueses no estrangeiro vão divulgar informações através de perfis públicos no Twitter e Facebook -
no IVA by Cão Azul


publicado por João Maria Condeixa às 09:15
link do post | Please be gentle

Quinta-feira, 26 de Agosto de 2010
por João Maria Condeixa, em 26/8/10

 

Quando Deus criou a mulher, deixou-a cair num caldeirão de mielina, tornando-a, para todo o sempre, refém de acelerados impulsos nervosos. A mulher é uma cisterna gigante dessa substância verde e viscosa que aparentemente é responsável pela boa condução das descargas eléctricas que fazem de nós ser pensantes, actuantes e sensíveis.

 

São as mulheres que, da mais perfeita paz de alma, conseguem saltar para a histeria completa ao verem uma barata ou um rato. São elas que, da mais banal conversa de cabeleireiro, conseguem criar uma nervosa e apaixonante - para um público feminino, pois claro! - novela que dura dias e deve ser partilhada pelo maior número de amigas. São elas que, nervosamente, se queixam de terem ficado sem três dedos de cabelo quando tinham pedido para cortarem dois - who cares about an insignificant finger, when you're bold? -. São elas que, histericamente, saltam de uma gargalhada para mergulharem num choro descontrolado ao verem a Anatomia de Grey. São elas que conseguem ir aumentando o tom de voz à medida que o ponteiro da velocidade sobe. São as mulheres que arranjam um nervoso miudinho que as faz ficarem vigilantes noite dentro a tomar conta dos filhos sem parecerem cansadas no dia seguinte. São elas que descomprimem os nervos, num enervante e irritante ambiente de compras. São elas que jamais lançam para trás das costas tudo o que de banal lhes acontece da vida, mas que das verdadeiras tempestades tendem a reagir como se nada fosse.

 

São estes defeitos e algumas destas virtudes, que lhes resulta desse divino banho de mielina. Hoje deu-me para escrever sobre isso.

Temas: ,

publicado por João Maria Condeixa às 17:25
link do post | Please be gentle | (3)

por João Maria Condeixa, em 26/8/10

Na Rússia, depois da seca e dos incêndios, virá o frio e o gelo. E os atrasos que os primeiros originaram, levarão a que as sementeiras se façam com elevado risco de se perderem sob camadas de neve. Era preciso que as culturas já tivessem uns centímetros acima do solo para que aguentassem o rigor do Inverno. Mas isso, a acontecer, será no limite, pelo que as expectativas quanto à produção do gigante russo para a próxima campanha se mantêm reduzidas.

 

Ora isso, já se sabe, promove o aumento de commodities, como o trigo, e fará aumentar o nosso custo de vida. Pode, todavia, ser uma oportunidade para Portugal recuperar alguns hectares de terra para Cereais, contrariando,a tendência dos últimos anos. Quem este ano semear Trigo, talvez venha a ver compensada generosamente a sua aposta. Até lá, pagará o pão ainda mais caro!


publicado por João Maria Condeixa às 09:15
link do post | Please be gentle

Quarta-feira, 25 de Agosto de 2010
por João Maria Condeixa, em 25/8/10

Os nossos espiões têm mais exposição que o candidato dos Comunistas a Belém.


publicado por João Maria Condeixa às 11:08
link do post | Please be gentle

por João Maria Condeixa, em 25/8/10

Dão-se alvíssaras a quem conseguir arrancar o nome deste senhor de um qualquer militante do PCP no Alentejo. Ou na Beira Baixa. Ou no Algarve. Ou na Beira Interior. Ou até mesmo fora do PCP.


publicado por João Maria Condeixa às 09:15
link do post | Please be gentle | (1)

Terça-feira, 24 de Agosto de 2010
por João Maria Condeixa, em 24/8/10

A tragédia deu-se e, como não podia deixar de ser, os lives, que é como quem diz "directos", sucederam-se por rádio e televisão. E assim vai ser durante os próximos dias. Quer a partir da A25 - que é a antiga IP5, caso não tenham percebido! -, quer a partir do Hospital Universitário de Coimbra, quer do de Aveiro, Águeda, Santa Maria da Feira  ou até do de Faro - neste último, para confirmar que não entrou lá ninguém -.

 

A histeria vai ser total. Vão lançar estudos climatéricos sobre a zona de Talhadas, convidar especialistas em nevoeiros para painéis televisivos pela noite dentro e investigar, pormenorizadamente, a infra-estrutura A25, que caso não tenham percebido é a antiga IP5!

 

Toda esta feira e passarele de acontecimentos começou ontem com duas presenças: a do Ministro da Administração Interna - que se entende - e a do Ministro das Obras Públicas - que não só não se entende, como inclusive se estranha, tal é a raridade com que aparece -. Mas ontem alguém lhe disse: "Tu vai lá. Mostra que estás preocupado com a infra-estrutura A25! Sabes que aquilo é a antiga IP5?!" E ele foi.

 

Não sei muito bem fazer o quê, para além de empatar os trabalhos de remoção dos acidentados da autoestrada - disse autoestrada? Queria dizer infra-estrutura, desculpem -, mas a verdade é que António Mendonça lá foi. Talvez tenha ido lá encomendar um estudo sobre a A25 - a antiga IP5 - ou a abertura de um inquérito - a esse propósito, acho que a A25, antiga IP5, já sofreu mais inquéritos, do que aqueles que tentaram fazer a Sócrates - ou até tentar perceber porque raio não estava lá também o Ministro da Agricultura: afinal de contas, nas divisórias das infra-estruturas, há toda uma área agrícola por aproveitar! Uma coisa é certa, ele, António Mendonça, pelo menos já tinha picado o ponto! 

 

E é assim que vai ser. Um excitex total com o sucedido, uma preocupação ministerial geral, um drama institucional gigantesco, até se esquecerem novamente que a A25 é o antigo IP5 e que não há outro sítio do mundo onde uma coisa daquelas mereça o estatuto de autoestrada! Ainda que agora lhe chamem "infra-estrutura"!


publicado por João Maria Condeixa às 10:25
link do post | Please be gentle | (1)

Segunda-feira, 23 de Agosto de 2010
por João Maria Condeixa, em 23/8/10

Ahmadinejad tem a central nuclear de Bushehr já a carburar. Ahmadinejad tem um novo protótipo de bombardeiro de longo alcance não tripulado, o "Karrar", apresentado, ontem, como sendo o "mensageiro da paz". Ahmadinejad tem o processo de afronta desencadeado faz tempo, ainda que lhe seja questionada a legitimidade pelo seu povo. Falta-lhe o quê para deixar de dizer que não tem segundas intenções? A ogiva?


publicado por João Maria Condeixa às 14:00
link do post | Please be gentle | (4)

Real Constituição da República do Cáustico
Leia atentamente este folheto antes de tomar a constituição como sua.
Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico, farmacêutico ou constitucionalista de família.
Em caso de emergência:
jcondeixa@hotmail.com
Posts recentes

Pulling the plug and full...

OE2012: do corte na despe...

Curto rescaldo da Madeira

Na Madeira

O fetiche do voto do betã...

A 18 cêntimos a acção (3)

A 18 cêntimos a acção (2)

A 18 cêntimos a acção

Em entrevista comparada

Alguém me explica este li...

Últimos comentários
Hmmm é pena que o blog tenha acabado :(
quanto mais a deleora só isto era um poste da edp ...
Cambada de antropomorfistas d'electrõesJá agora eu...
Durante uns bons anos - 5 pelo menos - tb fui ague...
Eutanasiar um blogue...eu sei o que custa manter u...
entrapolítico privado num tem né?Mas se todo o hom...
Oi muito thanx! amei re-ler essa publicação é engr...
é que não apanham pó....a desvantagem é que desapa...
mais comentados
Diário da República
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


Temas

todas as tags

subscrever feeds