Segunda-feira, 31 de Maio de 2010
por João Maria Condeixa, em 31/5/10

A privacidade ou falta dela é, tal como em nossas casas e no dia-a-dia, responsabilidade do próprio e da exposição a que nos decidimos submeter. Embora as políticas e redes de satélites de vigilância estejam em crescente e haja toda uma crescente moda "muito engraçada" de georeferenciação, toda a restante privacidade depende, maioritariamente, de nós e não assim tanto do contexto em que nos vemos.

 

O facebook, pese algumas definições que possam vir a ser melhoradas, é apenas um recinto que cada um usa a seu belo prazer: como engatatódromo, parlamento virtual, muro das lamentações, diarreia lexical ou constatação metereológica. Cada um diz onde está, com que cuecas anda pela casa e que batidos resolve fazer para combater o Verão. Se quiser incluir o código do Multibanco ou do cofre-forte, a asneira é sua, não do veículo que propagou a idiotice.

 

Daí que estes cyber-manifestantes defensores da privacidade me lembrem o outro que era pródigo a lançar pedras para cima do seu próprio telhado de vidro. Afinal não são eles que alimentam o big brother que criticam?


publicado por João Maria Condeixa às 12:22
link do post | Please be gentle | (3)

Domingo, 30 de Maio de 2010
por João Maria Condeixa, em 30/5/10

O inevitável Alegre estava díficil de engolir, mas acabou por ser tragado, tal como se esperava. De côdea para empurrar o sapo serviu parte da direita que nestes últimos dias desencadeou uma birra com Cavaco, o impuro. Com a ajuda deles, José Sócrates - pese a falta de apetite, ainda para mais contra Soares - conseguiu libertar um sorriso e encontrar espaço para enviar um recado ao actual Presidente da República: "agradecemos, mas o esforço feito para agradar a Gregos e Troianos não foi suficiente. Precisamos de um progressista dos nossos!"

 

E da mesma forma que Sócrates teve de engolir um sapo para fortalecer uma candidatura de esquerda, também parte da direita portuguesa terá de enfiar a viola no saco caso queira continuar a dizer que tem um presidente que é seu. É que ainda para mais, por culpa do próprio, a reeleição de Cavaco já não está tão certa quanto isso...


publicado por João Maria Condeixa às 21:29
link do post | Please be gentle | (1)

Sábado, 29 de Maio de 2010
por João Maria Condeixa, em 29/5/10

Vi-me, reconheço, mais identificado com aquela mãe - ainda que discordando em parte do discurso - que num sábado à tarde decidiu arrastar o filho para uma manif da CGTP que não era a dele, do que com as mãezinhas que foram arrastadas pelas histéricas filhas para o Rock in Rio às 5 da manhã, porque "as meninas pediram".

 

Prefiro mil vezes que criem um revolucionário - desde que tenha sentido político e não seja um anarca explosivo - do que um histérico-paneleirote que só suspira por um futuro melhor, em vez de lutar por ele.


publicado por João Maria Condeixa às 21:22
link do post | Please be gentle

por João Maria Condeixa, em 29/5/10

- Sr. Primeiro Ministro, confirma que recebeu uma sms de Armando Vara com o conteúdo adiantado pelo Sol?

- Não, isso é tudo uma cabala, uma campanha negra, um conjunto de acções organizadas para me difamar. O que eu recebi foi uma mensagem. SMS, nem uma!


publicado por João Maria Condeixa às 10:07
link do post | Please be gentle | (2)

Sexta-feira, 28 de Maio de 2010
por João Maria Condeixa, em 28/5/10

As incertezas sobre quando serão chamados a governar e o estado em que encontrarão o país por essa altura, inibem quase por completo a euforia que o PSD possa sentir com estas sondagens. Neste momento a crise e e o agravamento que nela as eleições poderão causar são a desculpa perfeita para adiar esse momento até ao dia em que a curva económica se comece a inverter. Só aí a máquina laranja encherá o peito para reclamar o poder com a certeza que fará boa figura. Por enquanto, se puder evitar sujar as mãos no lodo, melhor. Resta saber quanto tempo, Sócrates, não tanto aquele que aumenta impostos - pois nesse aspecto PPC nem parece surgir como alternativa - mas aquele que diz hoje uma coisa e amanhã outra ou que hoje se vê envolvido num escândalo e amanhã noutra escuta ou sms, resistirá à falta de credibilidade e à imagem de desnorte que tem passado. 

 

Daí que realmente tudo isto se trate de uma dança. A imagem não poderia ter sido melhor escolhida: PPC não desejando deixar cair Sócrates, dará uns passos à frente e recuará outros tantos, ao mesmo tempo que alimentará a, cada vez mais fraca, possibilidade de Sócrates se manter no poder. E este agradece e sorri-lhe.

 


publicado por João Maria Condeixa às 15:42
link do post | Please be gentle

Quinta-feira, 27 de Maio de 2010
por João Maria Condeixa, em 27/5/10

Lembro-me de os ter visto pela primeira vez há dois anos e ter pensado que só assim é que as bandas deviam poder actuar: ou tocam em palco tal e qual como gravam ou perdem a licença de artistas e recebem uma de sonoplastas. Os Muse, por aí, estariam descansados. E lá vou eu mais uma vez confirmar isso. É já daqui a umas horas..

Temas: , ,

publicado por João Maria Condeixa às 14:13
link do post | Please be gentle | (1)

por João Maria Condeixa, em 27/5/10

Monárquicos há, que escrevem um vincado "Viva o Rei" no boletim de voto para as presidenciais. Mário Soares está visto que fará algo do género, mas mais "laico e republicano", pois claro. Está condenado a um "Viva Eu". Afinal, sempre se sentiu o pequeno monarca aqui do burgo.


publicado por João Maria Condeixa às 11:46
link do post | Please be gentle

por João Maria Condeixa, em 27/5/10

Porque há pessoas que só ouvem santos da casa ou ex-santos da casa, aqui fica um apanhado daquilo que todos nós sabemos, mas que dito por outros ganha outra força.


publicado por João Maria Condeixa às 10:03
link do post | Please be gentle | (1)

Quarta-feira, 26 de Maio de 2010
por João Maria Condeixa, em 26/5/10

 

Os homens não choram! - dizem-nos os mais velhos, insistentemente, enquanto somos miúdos, tentando garantir elevados índices de masculinidade, de barba rija e de pêlos no peito. Pois cedo ficamos a saber que quem choram são as meninas, as flores de estufa e os maricas - julgo que esta última não tem conotação homofóbica -.

E é nessa lógica de seres abrutalhados e insensíveis que vamos, estoicamente, crescendo e ganhando sentido do papel do homem na sociedade. O problema é quando, passados uns anos da puberdade, nos deparamos com o discurso contrário: "És um insensível, um bruto! És frio, não tens sentimentos e não percebes nada do que me afecta! - dirão 98% das mulheres portuguesas aos seus respectivos, esquecendo que a culpa não é deles - não é nossa! - mas sim de uma formatação que recebemos quando crianças e que elas agora tentam mudar.

Há quem entenda este percurso? E há quem entenda este post?

 

Eu explico: É que Mourinho, essa máquina infernal de vitórias, de liderança e mau-feitio, ao que parece, também chora. E com isso - babem mulheres portuguesas - parece ter conseguido o melhor de dois mundos. "O homem é perfeito", dirão elas "e ainda para mais tem cabelos brancos que lhe dão imenso charme e também chora! Se ao menos o meu Manel fosse assim..."

 

E a verdade é que, com tanta reviravolta na educação e formação masculina e com tantas vitórias e pormenores do Mourinho, quem fica mal na fotografia é o homem mediano, essa espécie de grande qualidade que já vai sendo rara e que as mulheres vão desdenhando.

 

Restando-lhes, a esses, como a mim, o refúgio na sabedoria popular: quem desdenha, quer comprar! E o Mourinho é um mariquinhas pé-de-salsa!!! 


publicado por João Maria Condeixa às 16:41
link do post | Please be gentle | (1)

Terça-feira, 25 de Maio de 2010
por João Maria Condeixa, em 25/5/10

 

 

O trauma de ter sido obrigado a respirar dentro do Colombo é grande! - dirão os leitores ao verem, pelo título, que este post se trata de uma sequela.

 

E assim é. Ainda estou meio-abananado pela turba em que me vi num domingo à tarde - haverá pior? - por causa do tal comércio tradicional que fechado não me serviu de nada e apenas me intensificou o desejo de o ver "desprotegido".

Pois essa turba domingueira que se passeia pelo Colombo tem agora na praça principal o seu mais recente Adónis na versão de 3 andares. Sim, é o CR9 prateado que aparece no novo anúncio da Nike, que lá está.

 

É ver Lisboa dos domingos a tirar fotos "àquilo" - tenho impressão que Cristiano Ronaldo não viu a estátua, senão proíbia-a, de tão mal humorada que ficou - como se fosse a única coisa digna nas redondezas de ser retratada para a posteridade:

"Que se lixe o Padrão dos Descobrimentos, a Torre de Belém ou o Mosteiro dos Jerónimos, o meu Cristiano está ali e em versão Super XL! Ó amori, tira lá aí uma foto com o meu iPhone rosa-shopping que é pra eu mostrar às invejosas lá do trabalho!"

 

Ainda bem que vem aí o mundial e se acaba a preocupação com a crise, o PEC e os impostos.


publicado por João Maria Condeixa às 20:24
link do post | Please be gentle

por João Maria Condeixa, em 25/5/10

"Jesus fez-me Homem!", Fábio Coentrão. Espero, sinceramente, a bem do bom nome do jogador, que isto lhe tenha saído num contexto estritamente religioso.


publicado por João Maria Condeixa às 00:19
link do post | Please be gentle | (1)

Segunda-feira, 24 de Maio de 2010
por João Maria Condeixa, em 24/5/10

Vejamos no que cortam os britânicos em vez de aumentarem os impostos:

Ao todo, afirmou o ministro das Finanças, George Osborne, serão poupados 6,5 mil milhões de libras (7,5 mil milhões de euros) em “despesas inúteis” no sector público mas meio milhão de libras (579 milhões de euros) será “reciclado” e usado noutras áreas. Por cá, temos Teixeira dos Santos e o bloco central. 


publicado por João Maria Condeixa às 15:50
link do post | Please be gentle

por João Maria Condeixa, em 24/5/10

Podíamos viver e enfrentar a crise, dar a volta por cima, cortando na despesa e sem necessidade de recorrermos a subida de impostos, como estão a fazer no Reino Unido os recém-chegados conservadores e democratas-liberais?

 

Poder, podíamos, mas não seria a mesma coisa. E como sabemos, peritos a manter-nos "nesta mesma coisa de sempre", são os partidos do bloco central. Porque para pagar as ideias socialistas dos meninos, estamos cá nós e é tudo uma questão de furos no cinto. 


publicado por João Maria Condeixa às 14:32
link do post | Please be gentle

por João Maria Condeixa, em 24/5/10

Ninguém sabe onde param os gravadores roubados por Ricardo Rodrigues? Experimentem na Feira da Ladra. É às terças e Sábados e qualquer um lá pode vender. Inclusive deputados.


publicado por João Maria Condeixa às 12:23
link do post | Please be gentle

por João Maria Condeixa, em 24/5/10

O país ao domingo está totalmente dessincronizado e desajustado. Experimentem percorrer, por exemplo, a capital a um domingo em busca do comércio tradicional - que é como quem diz, aquele que se encontra ao ar livre, pois de tradicional tem o que tem - e depois digam-me se o encontraram aberto.

 

No dia em que eu e metade dos Lisboetas tem mais tempo para percorrer o Chiado, a Baixa ou a Guerra Junqueiro, o comércio tradicional, que de tanta defesa carece, encontra-se fechado, obrigando-nos a partilhar espaço com esses adoradores de pipocas e pares de namorados pegajosos que, de braços entrelaçados um no outro, pululam os corredores artificiais dos recintos fechados sem se desviarem de quem efectivamente quer circular. Pior, só quando os encontramos, moles e melados, a trocar saliva a meio de uma escada rolante.

 

Mas, o filme não acaba aqui. Finitas as compras não alimentares de inicio de época veraneante, eis que surge a necessidade de encher a despensa lá de casa. E para onde somos despejados? Para a rua, pois claro, porque nos centros comerciais, a bem do comércio tradicional que também encerra no dia do Senhor, resolveram fechar os hipermercados. Fazendo de nós seres deambulantes de estacionamento em estacionamento, por entre elevadores, corredores, semáforos e maratonas com sacos de plástico, para conseguir algo que podia ser tão mais acessível caso não vivêssemos neste país desorganizado e dessincronizado por via das leis.

 

Depois admiram-se que enalteçam a internet que um dia tudo há-de colocar à distância de um clique.

 


publicado por João Maria Condeixa às 11:40
link do post | Please be gentle

Real Constituição da República do Cáustico
Leia atentamente este folheto antes de tomar a constituição como sua.
Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico, farmacêutico ou constitucionalista de família.
Em caso de emergência:
jcondeixa@hotmail.com
Posts recentes

Pulling the plug and full...

OE2012: do corte na despe...

Curto rescaldo da Madeira

Na Madeira

O fetiche do voto do betã...

A 18 cêntimos a acção (3)

A 18 cêntimos a acção (2)

A 18 cêntimos a acção

Em entrevista comparada

Alguém me explica este li...

Últimos comentários
Hmmm é pena que o blog tenha acabado :(
quanto mais a deleora só isto era um poste da edp ...
Cambada de antropomorfistas d'electrõesJá agora eu...
Durante uns bons anos - 5 pelo menos - tb fui ague...
Eutanasiar um blogue...eu sei o que custa manter u...
entrapolítico privado num tem né?Mas se todo o hom...
Oi muito thanx! amei re-ler essa publicação é engr...
é que não apanham pó....a desvantagem é que desapa...
mais comentados
Diário da República
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


Temas

todas as tags

subscrever feeds