Domingo, 7 de Fevereiro de 2010
por João Maria Condeixa, em 7/2/10

Ontem, ao ouvir falar o actual Ministro da Agricultura numa conferência nas Alcáçovas, fiquei com a ligeira sensação que o partido no poder era outro, tal foi a mudança de discurso.

 

Jaime Silva, fruto da sua incompetência ou obstinação pessoal, deu das maiores machadadas no panorama agrícola nacional. Destruiu um Ministério, em vez de o reformular. Reteve fundos que não lhe pertenciam com base na burocracia e na resposta inexistente. Parte desses montantes teve de devolver a Bruxelas. Foram milhares de milhões devolvidos à precedência, quando Portugal atravessa uma fase tão crítica, sobretudo porque os regulamentos apareciam tarde, as exigências burocráticas eram mais que muitas e o controle tardio e atrapalhado. Além disso, Jaime Silva dedicou-se com afinco a denegrir a imagem dos agricultores portugueses, já de si pouco favorável, apenas para ver facilitado o seu próprio trabalho.

Este Ministro, António Serrano, com uma postura tão diferente só pode achar Jaime Silva uma nódoa e seguramente terá posto as mãos à cabeça quando viu a herança que lhe tinham deixado! 

Perante uma centena de agricultores e outros intervenientes, revelou abertura, mostrou saber identificar erros da classe e aparentemente tem sensibilidade para servir de moderador no sector e agir como facilitador. Tudo que o seu antecessor não fez. Vamos ver e esperar pela prática.

 

Mas já leva uma vantagem: suceder a Jaime Silva é pêra doce.

 

Parabéns ao Alentejo 2015 pela organização, por ter sabido descentralizar e obrigado pelo convite.


publicado por João Maria Condeixa às 18:35
link do post | Please be gentle

Real Constituição da República do Cáustico
Leia atentamente este folheto antes de tomar a constituição como sua.
Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico, farmacêutico ou constitucionalista de família.
Em caso de emergência:
jcondeixa@hotmail.com
Posts recentes

Pulling the plug and full...

OE2012: do corte na despe...

Curto rescaldo da Madeira

Na Madeira

O fetiche do voto do betã...

A 18 cêntimos a acção (3)

A 18 cêntimos a acção (2)

A 18 cêntimos a acção

Em entrevista comparada

Alguém me explica este li...

Últimos comentários
Hmmm é pena que o blog tenha acabado :(
quanto mais a deleora só isto era um poste da edp ...
Cambada de antropomorfistas d'electrõesJá agora eu...
Durante uns bons anos - 5 pelo menos - tb fui ague...
Eutanasiar um blogue...eu sei o que custa manter u...
entrapolítico privado num tem né?Mas se todo o hom...
Oi muito thanx! amei re-ler essa publicação é engr...
é que não apanham pó....a desvantagem é que desapa...
mais comentados
Diário da República
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


Temas

todas as tags

subscrever feeds