Quarta-feira, 9 de Fevereiro de 2011
por João Maria Condeixa, em 9/2/11

O Corpo de uma idosa esteve 9 anos num apartamento em Sintra à espera que dessem pela sua falta. Quem desencadeou a descoberta foi o Estado, pois a senhora durante esse período não pagou uma única factura do que quer que fosse - caso para dizer que não pagava nem morta - pelo que o Estado lhe ficou com o apartamento. A vizinhança, estranhando a ausência da velhota, o chavascal à porta de casa e a correspondência a transbordar na caixa de correio, bem que participou o desaparecimento às autoridades, mas como "não cheirava mal" - a GNR anda sem verbas para comprar Nasex - nunca chegaram a arrombar a porta para a procurarem. E durante 9 anos a senhora lá ficou até ser encontrada pela nova proprietária que adquiriu a dita casa - junto com a chave que ninguém encontrava - num leilão do Estado que teimava em não a procurar.

 

Prova que o desaparecimento do contribuinte só é grave quando deixa de pagar.


publicado por João Maria Condeixa às 16:24
link do post | Please be gentle

Real Constituição da República do Cáustico
Leia atentamente este folheto antes de tomar a constituição como sua.
Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico, farmacêutico ou constitucionalista de família.
Em caso de emergência:
jcondeixa@hotmail.com
Posts recentes

Pulling the plug and full...

OE2012: do corte na despe...

Curto rescaldo da Madeira

Na Madeira

O fetiche do voto do betã...

A 18 cêntimos a acção (3)

A 18 cêntimos a acção (2)

A 18 cêntimos a acção

Em entrevista comparada

Alguém me explica este li...

Últimos comentários
Hmmm é pena que o blog tenha acabado :(
quanto mais a deleora só isto era um poste da edp ...
Cambada de antropomorfistas d'electrõesJá agora eu...
Durante uns bons anos - 5 pelo menos - tb fui ague...
Eutanasiar um blogue...eu sei o que custa manter u...
entrapolítico privado num tem né?Mas se todo o hom...
Oi muito thanx! amei re-ler essa publicação é engr...
é que não apanham pó....a desvantagem é que desapa...
mais comentados
Diário da República
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


Temas

todas as tags

subscrever feeds