Segunda-feira, 1 de Fevereiro de 2010
por João Maria Condeixa, em 1/2/10

Discute-se hoje a pompa e a circunstância da República - não desta, pois claro - . É excessiva, também o acho, sobretudo se enquanto contribuintes pesarmos as despesas e os recebimentos. Aí a República tem um défice astronómico para connosco.

Mas não são esses gastos que fazem da Monarquia melhor opção. Não é isso que está em causa quando se avalia um sistema político. No limite poderemos dizer que os monarcas de hoje estão mais poupados que os republicanos de agora. E isso até pode ser verdade mas e que fazer quando entra um Luís XIV em cena?

Ora é exactamente aí que reside a diferença essencial: na possibilidade de rotação. Nas Repúblicas democráticas - as outras não me interessam - as despesas, as atitudes, as estratégias e os rumos, podem ser mudados a breve trecho por indicação nas urnas e não pela genética ou pelo sangue. Tudo isto é um custo de oportunidade imenso que pesa na factura da Monarquia. Assim por muito que o voto seja mal usado, o simples facto de existir, faz com que a pompa e a circunstância sejam aspectos infimamente menores na discussão.  


publicado por João Maria Condeixa às 15:39
link do post | Please be gentle

3 comentários:
De Anónimo a 5 de Fevereiro de 2010 às 13:04
confuso o que dizes


De Anónimo a 5 de Fevereiro de 2010 às 13:04
tenta ser mais estruturado e organizado na escrita


De João Maria Condeixa a 5 de Fevereiro de 2010 às 14:22
A pressa, de facto, pode ser inimiga da perfeição ou até do "razoável". Escutado o conselho tentarei melhorar o futuro e não ser tão confuso...


Comentar post

Real Constituição da República do Cáustico
Leia atentamente este folheto antes de tomar a constituição como sua.
Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico, farmacêutico ou constitucionalista de família.
Em caso de emergência:
jcondeixa@hotmail.com
Posts recentes

Pulling the plug and full...

OE2012: do corte na despe...

Curto rescaldo da Madeira

Na Madeira

O fetiche do voto do betã...

A 18 cêntimos a acção (3)

A 18 cêntimos a acção (2)

A 18 cêntimos a acção

Em entrevista comparada

Alguém me explica este li...

Últimos comentários
Hmmm é pena que o blog tenha acabado :(
quanto mais a deleora só isto era um poste da edp ...
Cambada de antropomorfistas d'electrõesJá agora eu...
Durante uns bons anos - 5 pelo menos - tb fui ague...
Eutanasiar um blogue...eu sei o que custa manter u...
entrapolítico privado num tem né?Mas se todo o hom...
Oi muito thanx! amei re-ler essa publicação é engr...
é que não apanham pó....a desvantagem é que desapa...
mais comentados
Diário da República
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


Temas

todas as tags

subscrever feeds